Bolsa Bolsas dos EUA em queda à espera dos resultados da banca e palavras de Trump

Bolsas dos EUA em queda à espera dos resultados da banca e palavras de Trump

As bolsas dos Estados Unidos estão a cair pela segunda sessão consecutiva, numa altura em que os investidores aguardam pela divulgação dos resultados da banca e pela primeira conferência de Trump desde a vitória nas eleições.
Bolsas dos EUA em queda à espera dos resultados da banca e palavras de Trump
Reuters
Rita Faria 10 de janeiro de 2017 às 14:46

Os principais índices norte-americanos abriram em queda ligeira esta terça-feira, 10 de Janeiro, numa altura em que os investidores aguardam pelos resultados das empresas relativos ao quarto trimestre, com as bolsas próximas de recordes.

 

Os investidores esperam ainda pela conferência de imprensa do presidente eleito Donald Trump, na quarta-feira - a primeira desde que venceu as eleições a 8 de Novembro – para obterem mais indicações sobre as mudanças políticas prometidas pelo republicano.

 

O índice industrial Dow Jones cai 0,17% para 19.853,25 pontos, enquanto o S&P500 desliza 0,08% para 2.267,21 pontos. Já o tecnológico Nasdaq recua 0,04% para 5.529,89 pontos. 

Esta sexta-feira, dá-se o pontapé de saída na divulgação de resultados da banca americana, com a apresentação das contas do JPMorgan, Bank of America e Wells Frago. Além dos três gigantes também a gestora BlackRock divulga resultados. 

Segundo a Reuters, os analistas esperam que, no geral, os lucros das empresas do S&P500 tenham subido 5,8% no último trimestre do ano passado.

 

Na sessão de ontem, o Nasdaq registou o valor de fecho mais elevado de sempre, enquanto o Dow Jones e o S&P500 foram penalizados pela descida dos preços do petróleo. 

Em destaque na sessão de hoje estão os títulos da valeant, que sobem 9,06% para 16,74 dólares depois de a empresa ter acordado vender três marcas de cuidados da pele à L'Oreal por 1,3 mil milhões de dólares. Já a Illumina dispara 16,80% para 165,32 dólares, após ter apresentado boas perspectivas para o trimestre e ter lançado um novo produto. 



(Notícia actualizada às 15:54)


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub