Bolsa Bolsas dos EUA sobem pela segunda sessão apesar dos receios com o Irma

Bolsas dos EUA sobem pela segunda sessão apesar dos receios com o Irma

As bolsas norte-americanas seguem em alta ligeira, com os investidores cautelosos devido à aproximação do Irma. As acções continuam a beneficiar do acordo que vai evitar uma paralisação do governo.
Bolsas dos EUA sobem pela segunda sessão apesar dos receios com o Irma
Reuters
Rita Faria 07 de setembro de 2017 às 14:40

Os principais índices norte-americanos abriram em alta ligeira esta quinta-feira, 7 de Setembro, com os investidores cautelosos devido à aproximação do furacão Irma, que deverá atingir a Florida no fim-de-semana.

 

O índice industrial Dow Jones ganha 0,03% para 21.815,02 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq sobe 0,16% para 6.403,41 pontos. Já o S&P500 valoriza 0,10% para 2.468,06 pontos.

 

O U.S. National Hurricane Center informou hoje que o furacão, que já provocou 9 vítimas mortais, deverá atingir a Flórida na forma de uma tempestade de categoria 4, pouco tempo depois de o furacão Harvey ter devastado o Texas e o Louisiana, matando cerca de 60 pessoas e provocando prejuízos na ordem dos 180 mil milhões de dólares.

 

Antes da abertura do mercado, o Departamento do Trabalho revelou que o número de pedidos de subsídio de desemprego aumentou para o nível mais alto dos últimos dois anos, na semana passada, devido à forte subida registada no estado do Texas, por causa do furacão.

 

O número de pedidos aumentou em 62 mil para 298 mil na semana que terminou a 2 de Setembro, quando os economistas antecipavam um total de 241 mil.  

 

A sessão de ontem foi de ganhos em Wall Street, com as acções a beneficiarem do acordo alcançado entre o presidente Donald Trump e os democratas para aumentar o tecto da dívida e garantir o financiamento do governo até 15 de Dezembro.

 

Os investidores aguardam agora novos dados sobre a reforma fiscal de Trump, depois de o presidente ter garantido que vai detalhar o plano dentro das próximas duas semanas.

 

Em destaque na sessão de hoje estão os títulos da GoPro, que ganham 11% para 9,88 dólares, depois de a empresa ter anunciado que espera lucros no terceiro trimestre. Já a RH dispara 39,6% para 68,99 dólares, após ter revisto em alta as estimativas de resultados para o conjunto do ano. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub