Bolsa Broadcom dá ganhos ao Nasdaq

Broadcom dá ganhos ao Nasdaq

As principais bolsas do outro lado do Atlântico abriram a negociar em terreno misto, com os investidores a manterem-se prudentes enquanto esperam por mais pormenores sobre a reforma fiscal. A animar o Nasdaq estão a Broadcom e a Lululemon.
Broadcom dá ganhos ao Nasdaq
Reuters
Carla Pedro 07 de dezembro de 2017 às 14:38

As praças norte-americanas abriram em terreno misto, seguindo a negociar entre subidas e perdas muito ligeiras.

 

O Dow Jones segue a ceder 0,05% para 24.127,94 pontos e o Standard & Poor’s 500 recua 0,01% para 2.628,95 pontos.

 

Em contrapartida, o tecnológico Nasdaq Composite sobe 0,17% para 6.787,57 pontos.

 

A animar a negociação nas tecnologias está sobretudo a Broadcom, que segue a somar 5% depois de a fabricante de microchips ter reportado lucros trimestrais acima do esperado e ter anunciado um aumento de 72% dos dividendos que irá distribuir.

A Broadcom está também a ser impulsionada pelo facto de ter dito que o lançamento mais tardio do iPhone X da Apple, do qual é fornecedora de chips, a ajudará a ver as receitas aumentarem no actual trimestre (que é o primeiro trimestre do seu ano fiscal).

 

Este bom momento da Broadcom está a sustentar outras empresas do sector, como a Skyworks Solutions, a Cirrus Logic e a Qorvo.

Em destaque pela positiva está também a fabricante de equipamento de ioga Lululemon Athletica, que dispara mais de 8% animada por lucros superiores ao projectado e pela revisão em alta das estimativas para os resultados da época natalícia.

(notícia actualizada às 14:43)




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar