Research CaixaBI estima que lucros da Galp aumentaram 18,2% até Setembro

CaixaBI estima que lucros da Galp aumentaram 18,2% até Setembro

A petrolífera terá fechado o terceiro trimestre do ano com lucros de 178 milhões de euros, o que representa uma subida de 54,6% face ao mesmo período do ano passado. No acumulado dos nove meses, os lucros terão crescido 18%.
CaixaBI estima que lucros da Galp aumentaram 18,2% até Setembro
Galp
Rita Faria 25 de outubro de 2017 às 17:54

O CaixaBI acredita que a Galp Energia fechou o terceiro trimestre deste ano com lucros de 178 milhões de euros, o que representa uma subida de 54,6% face ao mesmo período do ano passado, em que o resultado líquido se fixou em 115 milhões de euros.

Considerando os primeiros nove meses do ano, os lucros da empresa liderada por Carlos Gomes da Silva – que apresenta as suas contas a 30 de Outubro, antes da abertura do mercado - terão totalizado 428 milhões de euros, o que compara 362 milhões um ano antes, ou seja, mais 18%.

Numa nota de análise, revelada esta quarta-feira, 25 de Outubro, os analistas admitem esperar "um forte conjunto de resultados" no terceiro trimestre, suportados pela performance positiva das unidades de Exploração e Produção (E&P) e Refinação e Distribuição (R&M).

"As margens de refinação aumentaram tanto em termos homólogos como em cadeia, com os efeitos negativos da temporada de furacões nos Estados Unidos na infra-estrutura de refinação do Golfo do México a reduzirem as taxas de utilização e a aumentarem as margens", sustentam os analistas.

Por outro lado, a produção de crude no Brasil continua a crescer, tendo beneficiado da subida dos preços do petróleo, de acordo com o CaixaBI.

No início da semana passada, a empresa revelou o seu trading update, que mostra que a operação no Brasil sustentou um aumento da produção de petróleo, enquanto Angola continuou a penalizar.

Nas outras áreas, a refinação e distribuição teve um comportamento positivo, ao contrário do ramo de gás natural e energia, em que as vendas recuaram, segundo comunicou a empresa nos seus resultados preliminares.

As acções da Galp encerraram a sessão a descer 1,32% para 15,35 euros, 11,2% acima do preço-alvo de 13,80 euros atribuído pelo CaixaBI. A recomendação é "neutral". 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub