Bolsa CaixaBI: Lucros da Corticeira Amorim devem ter crescido 22% para 17 milhões

CaixaBI: Lucros da Corticeira Amorim devem ter crescido 22% para 17 milhões

A unidade de investimento da Caixa Geral de Depósitos estima que as vendas da Corticeira Amorim tenham crescido 6% no primeiro trimestre do ano. Os resultados líquidos da empresa deveram ter crescido mais de 20% para 17 milhões de euros.
CaixaBI: Lucros da Corticeira Amorim devem ter crescido 22% para 17 milhões
DR
Ana Laranjeiro 11 de maio de 2017 às 19:08
A unidade de investimento da Caixa Geral de Depósitos antecipa que o resultado líquido da Corticeira Amorim tenha crescido 22,1% para 17 milhões de euros no primeiro trimestre face ao mesmo período do ano anterior, de acordo com uma nota a que o Negócios teve acesso.

As vendas de Janeiro a Março da Corticeira Amorim terão crescido 6% face aos três primeiros meses do ano passado, para 166 milhões de euros. As vendas absolutas da unidade de rolhas de cortiça devem ter "o impacto mais forte no crescimento das vendas totais".

Os lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) terão subido 10,8% para 30,6 milhões de euros. E a margem de EBITDA terá ascendido aos 18,4%.

O analista José Mota Freitas, que assina a nota, que as estimativas para a Corticeira Amorim "compreendem um crescimento forte das vendas e melhorias na rentabilidade". "Esperamos que os resultados do primeiro trimestre mostrem já um desempenho sólido".

A CaixaBI sublinha ainda que "depois de alcançar vendas e margens de crescimento muito sólidas no ano passado, a exigência é elevada nas nossas expectativas em relação ao desempenho da empresa durante 2017; mas a Corticeira Amorim já foi antes capaz de nos surpreender".

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
FFJ 13.05.2017

Minha favorita no Psi 20!!!

pub
pub
pub
pub