Obrigações Celbi troca 47,3 milhões de euros em dívida

Celbi troca 47,3 milhões de euros em dívida

A fábrica da Altri conseguiu a aceitação de 59% do montante de obrigações que tinha disponível para trocar. Os investidores aceitaram receber títulos de dívida que vencem só em 2024.
Celbi troca 47,3 milhões de euros em dívida
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 15 de Novembro de 2016 às 17:38

A Celbi – Celulose Beira Industrial conseguiu que os investidores com 473 das suas obrigações, que vencem em 2019, aceitassem trocar aqueles títulos de dívida por outros cuja maturidade chega em 2024. Por outros números, a aceitação envolveu 47,3 milhões de euros do total de 80 milhões de euros em obrigações que a empresa pretendia trocar.

 

Assim, segundo informações constantes do comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a fábrica que pertence à Altri, liderada por Paulo Fernandes (presidente da Cofina, dona do Negócios), conseguiu receber dos seus investidores 473 obrigações com vencimento em 2019, cada uma com um valor nominal de 100 mil euros, num valor global de 47,3 milhões.

 

Os investidores que aceitaram a troca voluntária, na operação coordenada pelo Haitong Bank (antigo BESI) receberam obrigações da Celbi com a maturidade em 2024, com valor unitário de 10 mil euros, no valor total de 47,3 milhões de euros. Além disso, receberam um prémio de pouco mais de 1,6 milhões de euros (3,5 mil euros por título) como contrapartida e ainda juros corridos de 593,82 euros por obrigação, num total pago pela empresa de 280,9 mil euros.

 

A oferta tinha como alvo as 800 obrigações emitidas em 2014, com uma taxa de juro variável igual à Euribor a 6 meses adicionada de 3,65% num total de 80 milhões de euros. A contrapartida foi de 8.000 obrigações que serão emitidas em 22 de Novembro de 2016, a uma taxa de juro variável igual à Euribor a 6 meses adicionada de 2,45%.

 

As 473 obrigações com data de vencimento em 2019 que foram trocadas vão ser amortizadas e canceladas a 22 de Novembro. A emissão com esta maturidade passa a ser representada apenas pelos títulos que não foram aceites na oferta, 327 obrigações, que valem 32,7 milhões no total.

 

A Celbi iria emitir 80 milhões de euros nas novas obrigações 2016/2024 mas a oferta ficou-ser apenas por 47,3 milhões. Além deste montante, houve uma colocação particular de 17,7 milhões de euros. "Assim, o montante total da emissão de obrigações Celbi 2016/2014 foi fixado em 65 milhões de euros, representado por 6.500 obrigações", explica a empresa no comunicado.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub