Mercados CEO da Nvidia: Carros totalmente autónomos vão estar na estrada daqui a quatro anos

CEO da Nvidia: Carros totalmente autónomos vão estar na estrada daqui a quatro anos

As acções da empresa pioneira nesta tecnologia valorizaram 170% o ano passado.
CEO da Nvidia: Carros totalmente autónomos vão estar na estrada daqui a quatro anos
Mariana Adam 27 de outubro de 2017 às 19:16

O CEO da multinacional de tecnologia, Jensen Huang, disse que, devido aos avanços da inteligência artificial, em 2021 haverá veículos totalmente autónomos a circular nas estradas. A afirmação, relatada pela Reuters, foi proferida esta quinta-feira, dia 24 de Outubro, em declarações à imprensa num evento de empresa, em Taipei.

"Não levará mais de quatro anos para ter carros totalmente autónomos na estrada. Quanto tempo vai demorar à grande maioria dos carros serem autónomos, isso realmente depende". A Nvidia com sede em Santa Clara, Califórnia que fabrica peças de computador, é líder em computadores de inteligência artificial. A empresa era conhecida principalmente como fabricante de chips para o sector de jogos, mas nos últimos anos sob a liderança da Jensen Huang, expandiu-se para outras áreas, nomeadamente os computadores de alto desempenho, a inteligência artificial e os carros autónomos.


Uma opção que trouxe muito dinheiro para os bolsos dos accionistas. As acções da Nvidia valorizaram 170% o ano passado, aumentando o seu valor de mercado para 116 mil milhões de dólares.


O CEO da Nvidia acrescentou ainda que "há muitas tarefas em empresas que podem ser automatizadas... desta forma a produtividade da sociedade vai aumentar", defendeu.

Esta afirmação do CEO da Nvidia adquire especial importância porque se acredita que esta empresa será a principal criadora de chips para estes carros. A Morningstar prevê que a Nvidia detenha 66% do mercado global de IA em 2021.


A NVIDIA revelou há menos de duas semanas uma actualização do seu super computador para carros autónomos, a plataforma Drive PX2, que deve começar a ser distribuída no próximo ano. Esta tecnologia é capaz de identificar todo o ambiente à sua volta e dar instruções precisas ao veículo, já que é capaz de realizar 320 triliões de operações por segundo, cerca de 10 vezes mais que o seu antecessor. Com esta proposta, a NVIDIA consegue substituir grande parte dos componentes que actualmente equipam estes carros e que são necessários para realizar todas as operações de condução autónoma, desde o controlo do veículo no meio ambiente até aos processos mais básicos de condução.

 

A principal utilização deste novo computador será, segundo a NVIDIA, em frotas de táxis autónomos, onde mais de 25 dos seus parceiros estão já a trabalhar activamente. Aliás, os Deutsche Post DHL está a prepara-se para criar um projecto piloto já em 2018, onde vão ter uma frota de veículos autónomos a apoiar as entregas.


Os gigantes da tecnologia como Apple, Facebook, Alphabet Inc, Amazon e a China Huawei estão a investir grandes somas para desenvolver e oferecer serviços e produtos alimentados por inteligência artificial.

Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro




pub