Obrigações Chave para seguir a decisão do BCE

Chave para seguir a decisão do BCE

Os números que vão marcar o anúncio de Mario Draghi sobre a compra de activos.
Chave para seguir a decisão do BCE
André Veríssimo 26 de outubro de 2017 às 07:10

O novo montante total das compras

O programa de aquisição de obrigações de dívida soberana (PSPP, na sigla anglo-saxónica) já tinha sido cortado em Dezembro de 2016. A fase iniciada em Abril, e que termina no final do ano, prevê um montante total de 540 mil milhões de euros. A expectativa do mercado é que o montante global desça para 300 mil milhões. Um valor inferior poderá gerar apreensão.

O valor mensal cai para quanto?

O programa em curso prevê compras mensais de 60 mil milhões de euros. O consenso dos analistas consultados pela Bloomberg aponta para que estas desçam para metade: 30 mil milhões. Uma nota do Société Générale salienta que quanto menor for o valor, mais fácil será colocá-lo depois em zero.

A duração do programa

O consenso aponta para nove meses. O SG salienta que o mercado preferiria um período mais dilatado (12 meses), mesmo que com um valor menor. 

Reinvestimento

O BCE continuará a usar o dinheiro que recebe do reembolso das obrigações que tem no balanço para reinvestir. O SG estima que possa ser de 8 mil milhões ao longo de 2018, mas o valor poderá ser superior. "Draghi pode vender isto como a cereja no topo do bolo."

Maturidades

A diminuição da maturidade média das compras tem sido encarada com preocupação. Uma indicação de aposta em títulos com prazos maiores será bem recebida. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub