Câmbios Clientes do Santander Totta impedidos de transaccionar bitcoin

Clientes do Santander Totta impedidos de transaccionar bitcoin

O banco português não permite a transacção com as bolsas de moedas digitais, alegando que estas negoceiam produtos que não são regulados.
Clientes do Santander Totta impedidos de transaccionar bitcoin
reuters
Negócios 12 de janeiro de 2018 às 11:06

Os clientes do Santander Totta estão impedidos de receber transferências em euros para as suas contas bancárias de valores provenientes de bolsas de moedas digitais. E também não conseguem efectuar pagamentos para estas bolsas que negoceiam bitcoin e outras moedas.

 

A notícia foi avançada hoje pelo DN/Dinheiro Vivo, que dá conta que a medida está em vigor desde finais do ano passado e tem gerado uma onda de críticas nas comunidades criptomoedas na internet e nas redes sociais, com investidores a procurar alternativas para poder retirar os seus investimentos de plataformas como a Coinbase e Bitstamp.

 

Segundo a Bitstamp, "o Banco Santander Totta não processa transferências com origem em negócios relacionados com bitcoin. Isto significa que qualquer transferência para o seu banco seria rejeitada e devolvida para a Bitstamp".

 

De acordo com o Eco, nas mensagens que transmitiu aos clientes, o Santander Totta justifica este procedimento com o facto de as bolsas de criptomoedas serem entidades que transaccionam produtos financeiros não regulamentados.

 

"Esclarecemos que a Coinbase é uma entidade que se dedica à compra e venda de moeda digital e o Banco Santander Totta não transacciona operações de moeda digital não regulamentada, pelo que as operações não serão executadas", justifica o banco na resposta ao cliente, que está a ser citada pelo jornal.

 

Segundo o DN/Dinheiro Vivo, o Banco CTT, o Novo Banco e a Caixa Geral de Depósitos confirmaram que os seus clientes podem fazer transferências normalmente.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Telmo Há 4 dias

Basta mudar de banco. Existem "n" alternativas.

Mr.Tuga Há 4 dias

Bem visto!

pub