Bolsa CMVM alerta para alegado "trader" não autorizado

CMVM alerta para alegado "trader" não autorizado

O "polícia dos mercados" alerta para o facto de João Manuel Afonso Pinto dos Santos, que se tem apresentado como "trader profissional", não está autorizado a praticar actividades de intermediação financeira.
CMVM alerta para alegado "trader" não autorizado
Miguel Baltazar/Negócios
Paulo Zacarias Gomes 04 de janeiro de 2017 às 13:35

João Manuel Afonso Pinto dos Santos, que se tem apresentado como "trader profissional", não está autorizado a praticar actividades de intermediação financeira em instrumentos financeiros no país.

O alerta aos investidores é feito esta quarta-feira, 4 de Janeiro, pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), num comunicado publicado no site da instituição. 

"A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) alerta para o facto de João Manuel Afonso Pinto dos Santos (o qual se apresenta como trader profissional) não estar autorizado a desenvolver qualquer actividade de intermediação financeira em instrumentos financeiros em Portugal, nem ser agente vinculado de intermediário financeiro, não se encontrando sequer habilitado a angariar clientes para intermediários financeiros," lê-se no documento.

A CMVM (liderada por Gabriela Figueiredo Dias, na foto) pede ainda a "todas as pessoas e entidades que tiverem estabelecido qualquer relação comercial" com o visado para que contactem o regulador.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 04.01.2017

E também podemos contactar a CMVM para denunciar as burlas dos intermediários financeiros autorizados pela CMVM, como por exemplo:

Millennium bcp
BES
Banif
BPN
BPP

Ou desses as burlas são "legais" aos olhos da CMVM e do BdP?
A mim não apanham mais um cêntimo nesses casinos de jogo sujo. Só tenho medo de parte dos impostos ir parar a esses criminosos.

comentários mais recentes
Anónimo 04.01.2017

E também podemos contactar a CMVM para denunciar as burlas dos intermediários financeiros autorizados pela CMVM, como por exemplo:

Millennium bcp
BES
Banif
BPN
BPP

Ou desses as burlas são "legais" aos olhos da CMVM e do BdP?
A mim não apanham mais um cêntimo nesses casinos de jogo sujo. Só tenho medo de parte dos impostos ir parar a esses criminosos.

investidor 04.01.2017

E ESTAO A ESPERA DE QUE, PARA COMUNICAR AS AUTORIDADES, E METER ESSE SENHOR NA CADEIA, ESTA IDENTIFICADO, E O SUFICIENTE, FACAM JUSTICA UMA VEZ,

pub
pub
pub
pub