Mercados Como preparar a carteira para a era da transformação
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Como preparar a carteira para a era da transformação

John Mauldin sugere que, na próxima crise, os investidores que tiverem estratégias de negociação diversificadas sairão a ganhar.
Como preparar a carteira para a era da transformação
Bruno Simão
Rui Barroso 09 de outubro de 2017 às 08:00

John Mauldin antevê mudanças na sociedade a um ritmo sem comparação em toda a História. O autor de "bestsellers" sobre investimento está a preparar um novo livro sobre como será o mundo daqui a 20 anos, )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Médias móveis e Modelos de Market Timing 09.10.2017

O entrevistado John Mauldin faz referência a modelos de “Market Timing” baseados em médias móveis. São os mesmos possivelmente úteis, e hoje certamente muito populares (o que, regra geral, se vale a experiência histórica, é sempre prenúncio de péssimos resultados futuros).
Mas certamente que John Mauldin sabe que há métodos de "Market Timing" oferecendo melhores perspetivas de precisão, seja no campo puramente da Análise Fundamental, seja no da Análise Técnica (e nomeadamente, neste último caso e até no primeiro, com recurso a técnicas de Inteligência Artificial, em particular às redes neuronais).
Mas em Bolsa a questão é sempre a mesma: não basta ganhar vantagem absoluta em termos de técnicas de previsão, mas é tão ou mais importante que se ganhe vantagem, isso sim, em relação aos métodos que os outros investidores com quem se compete, estão a usar.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub