Obrigações Compras de dívida portuguesa pelo BCE estão 8.700 milhões abaixo da meta
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Compras de dívida portuguesa pelo BCE estão 8.700 milhões abaixo da meta

Portugal é o país mais prejudicado no programa de compras de dívida pública do BCE. No total, o Eurosistema comprou menos 8.700 milhões do que a meta implícita. Valor equivale a mais de metade das emissões planeadas para este ano.
Compras de dívida portuguesa pelo BCE estão 8.700 milhões abaixo da meta
Bruno Simão
Rui Barroso 18 de agosto de 2017 às 07:00

A dívida soberana portuguesa é a que tem registado menos compras do BCE em relação às metas implícitas do programa de compras. Em contraste, França, Itália e Alemanha são os países )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 18.08.2017

Boas notícias povo! Continuemos em férias. Se o ritmo de aumento de endividamento nos últimos 20 meses atingiu a média mensal de mil milhões e, se podemos pedir mais cerca de 8 mil milhões, temos o problema resolvido até Abril de 2018. Até lá, concentremo-nos na LIGA NOS!!!

comentários mais recentes
Anónimo 18.08.2017

Curioso que o habilidoso que comentou acerca de outro "habilidoso", não se tenha referido aos grandes desastres económicos nacionais como CUF, Lisnave, Setenave, PT etc. etc. etc. Deu-lhe mais jeito começar pelo BPN, onde o buraco antes da nacionalização, era bem menor, ao do desastre final. Porque teria sido?

Anónimo 18.08.2017

O habilidoso que vem para aqui falar em endividamento deveria referir que 78 mil milhões de euros dos 250 mil milhões vieram por causa do rombo nos bancos do BPN/BPP/BANIF/BES/FINIBANCO/ e no ataque às dividas soberanas efectuado pelo seus amigos neo-liberais após a crise do sub-prime americano.

Anónimo 18.08.2017

Boas notícias povo! Continuemos em férias. Se o ritmo de aumento de endividamento nos últimos 20 meses atingiu a média mensal de mil milhões e, se podemos pedir mais cerca de 8 mil milhões, temos o problema resolvido até Abril de 2018. Até lá, concentremo-nos na LIGA NOS!!!

joao 18.08.2017

Ou seja, se tivessem comprado mais (o que podiam fazer) as taxas seriam ainda (bem) mais baixas.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub