Investidor Privado Conheça as novas apostas dos gurus das bolsas
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Conheça as novas apostas dos gurus das bolsas

Acreditar ou duvidar do efeito Trump? Foi a questão de alguns dos investidores mais conceituados do mundo. Conheça as principais apostas destes gurus no primeiro trimestre, comunicadas este mês ao regulador dos EUA.
Conheça as novas apostas dos gurus das bolsas
Rui Barroso 29 de maio de 2017 às 10:51

Warren Buffett

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 29.05.2017

O maior processo de substituição de factor produtivo trabalho por factor produtivo capital da história da humanidade está-se a dar no mundo desenvolvido. Certos países podem, artificialmente, de modo fantasioso e inconsequente, atrasá-lo temporariamente a nível interno decretando aumentos salariais muito acima do preço de mercado e instituindo arranjos laborais intocáveis para toda a vida. A consequência disso será o aumento insuportável do endividamento excessivo e da carga tributária, que incidirão negativamente sobre o nível e qualidade de vida de toda ou uma grande parte da população adulta actual e futura, elevando o atraso e os níveis de iniquidade e insustentabilidade nesses países para patamares indecorosos dignos dos Estados falhados do chamado Terceiro Mundo.

comentários mais recentes
Anónimo 29.05.2017

Se 0,23 cêntimos é um preço ridículo para o BCP , O que não dizer do valor de cotação de 0,000306 Cêntimos , que seria o valor correspondente se não tivessem feito a manobra enganosa do reverse stock split que lixou todos os pequenos acionistas.

Anónimo 29.05.2017

O Anónimo está cada vez mais académico... é uma pena que só agora venha dizer que os estados deveriam ter deixado cair os bancos. Proponho ao Anónimo académico que escreva o mesmo no Financial Times em relação aos bancos americanos salvos pelos contribuintes... só para começar a alavancar a ideia...

Anónimo 29.05.2017

Rapaziada nada de preocupações , nem de esquentar a cuca .Pensar em investimentos para quê , se temos Fátima, o benfica ganhou o campeonato e a taça, e o Ronaldo que é o melhor do mundo , sem desprimor para o Mourinho.

ANDAM A REINAR COM O BCP 29.05.2017

AGORA ANDAM A BRINCAR com o MILENIUM BCP a estes preços RIDICULOS mas a partir do dia 16 de junho QUANDO A FINTCH SUBIR OS RATINGS DO BCP E O RATING DE PORTUGAL ACABARAM -- SE as BRINCADEIRAS e os PREÇOS RIDICULOS

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub