Mercados CTPC: Conheça o novo produto de poupança do Estado

CTPC: Conheça o novo produto de poupança do Estado

Os CTPC arrancam na próxima segunda-feira, 30 de Outubro. Este produto vem substituir os actuais CTPM.
CTPC: Conheça o novo produto de poupança do Estado
Russell Boyce/Reuters
Raquel Godinho 26 de outubro de 2017 às 20:00
Remuneração média anual de 1,39%
Os Certificados do Tesouro Poupança Crescimento (CTPC) terão um prazo de sete anos. No primeiro ano, pagarão uma taxa de juro de 0,75% que se mantém no segundo ano. Esta taxa vai aumentando até chegar aos 2,25% do sétimo e último ano. Em média, a remuneração anual deste produto é de 1,39%, ficando aquém dos 2,25% que os CTPM pagaram, em média, em cinco anos.

Prémio é pago no segundo ano
A esta remuneração, a partir do segundo ano, acresce um prémio "correspondente a 40% do crescimento médio real do PIB a preços de mercado nos últimos quatro trimestres conhecidos no mês anterior à data de pagamento de juros". Este prémio apenas tem lugar no caso do crescimento médio real do PIB ser positivo e fica limitado a um máximo de 1,2% em cada ano.

Produto tem que ser mantido um ano
Tal como acontecia nos CTPM, o resgate só é possível um ano após a subscrição, sendo que depois desse período o resgate poderá ocorrer a qualquer altura, acarretando a perda total dos juros decorridos desde o último vencimento de juros até à data de resgate.

Investimento mínimo de 1.000 euros

O investimento mínimo neste novo produto de poupança do Estado é de mil euros, tal como nos CTPM. Estes novos CTPC podem ser subscritos a partir de 30 de Outubro.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub