Bolsa CTT e Sonae levam PSI-20 a contrariar ganhos da Europa

CTT e Sonae levam PSI-20 a contrariar ganhos da Europa

A bolsa nacional inverteu para terreno negativo, seguindo no vermelho pela terceira sessão consecutiva. Os CTT e a Sonae, com quedas superiores a 2%, são as empresas que mais penalizam.
CTT e Sonae levam PSI-20 a contrariar ganhos da Europa
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria 01 de fevereiro de 2017 às 12:20

A bolsa nacional inverteu a tendência positiva do início da sessão, penalizado sobretudo pelos CTT e pela Sonae. Nesta altura, o PSI-20 desce 0,32% para 4.460,69 pontos, seguindo em terreno negativo pela quarta sessão consecutiva. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, 11 estão em queda, cinco em alta e duas inalteradas.

Lisboa contraria, desta forma, a tendência positiva das principais praças europeias, que estão a ser impulsionadas sobretudo pelas empresas ligadas ao sector industrial. Estes títulos estão a ser animados pela Siemens, cujos lucros do negócio industrial subiram 26% para 2,51 mil milhões de euros, e pelos dados que mostram que a actividade industrial da Zona Euro cresceu, em Janeiro, ao ritmo mais rápido em quase seis anos.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, ganha 0,98% para 363,64 pontos.

Por cá, as acções dos CTT descem 2,13% para 5,044 euros, depois de terem chegado a cair um máximo de 4,23% durante a manhã, para negociarem nos 4,936 euros, o valor mais baixo desde que e empresa entrou em bolsa, em Dezembro de 2013.

Os títulos continuam a ser pressionados pela revisão das estimativas feita pela gestão da companhia, que estima agora que a redução de 4,2% do correio no quarto trimestre deverá implicar uma diminuição entre "4% e 5% nos rendimentos operacionais de 2016".

A contribuir para a tendência negativa do PSI-20 estão também a Sonae e as cotadas do sector da energia. A retalhista recua 2,26% para 77,7 cêntimos, a EDP desce 0,45% para 2,676 euros e a EDP Renováveis perde 0,66% para 5,904 euros. Já a Galp Energia desvaloriza 0,62% para 13,535 euros, numa altura em que o petróleo regista ganhos em torno de 0,5% nos mercados internacionais.

Do lado das perdas seguem também a Nos, com uma descida de 0,83% para 5,166 euros, e a Semapa, que perde 0,91% para 13,03 euros.

Por outro lado, a evitar uma maior descida do PSI-20 estão o BCP, a Jerónimo Martins e a Pharol. O banco liderado por Nuno Amado ganha 1,47% para 15,87 cêntimos, na segunda sessão em que os direitos de subscrição do aumento de capital já não negoceiam em bolsa.

A Jerónimo Martins sobe 0,45% para 15,725 euros e a Pharol dispara 8,59% para 27,8 cêntimos – o valor mais alto desde Dezembro de 2015 – depois de a Orascom ter decidido alargar a validade da proposta anteriormente apresentada para a recuperação judicial da Oi, que tem a Pharol como maior accionista. Na sessão de ontem, as acções da operadora brasileira dispararam mais de 4,5%. 




A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
investidor1 01.02.2017

https://goo.gl/forms/x0xEbq0UtoHFDzJm1

Obrigado pelo seu tempo.

alfredo dos santos 01.02.2017

NAVIGATOR, JA SE RENDERAM AS IVEDENCIAS, ? AFINAL TINHA OU NAO TINHA RAZAO, . ESTA EMPRESA ATINGE OS 3.80 EUROS A SEMANA QUE VEM MAS VAI BATER OS 4.O0 euros ANTES DOS DIVIDENDOS,

ALTRI = BULL 01.02.2017

A minha ALTRI lá vai continuando o seu BULL, com umas pequenas correcções, como é costume quando uma acção está em BULL, pois a acção tem de respirar um poucochinho, hehehehe
em breve até Maio ainda vai até aos 4,90, digo eu, heheheh

Anónimo 01.02.2017

Sonae segura ??? Essa está boa ! Tornou-se no maior flop da bolsa ! Há muitos e muitos meses que está a ser manipulada de forma negativa ! Boa empresa ? Na ! Boas empresas ninguém as manipula !!

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub