Mercados Deutsche Bank considera recomprar dívida para aliviar pressão

Deutsche Bank considera recomprar dívida para aliviar pressão

O banco alemão, que tem estado sob pressão dos investidores, considera comprar dívida própria para realizar ganhos de capital. Acções sobem 10%.
Deutsche Bank considera recomprar dívida para aliviar pressão
Bloomberg
Negócios 10 de fevereiro de 2016 às 08:49

O Deutsche Bank, assim como a maior parte dos bancos europeus, tem estado sob "fogo cerrado" dos mercados. Mas o banco alemão está a considerar recomprar parte das suas obrigações, que totalizam cerca de 50 mil milhões de euros, para dar um sinal de força aos investidores e para conseguir ganhos de capital, segundo o Financial Times. Isto depois de, no início da semana, e dada a elevada pressão do mercado, o Deutsche Bank ter sido obrigado a garantir que tinha condições para reembolsar os obrigacionistas. 

As dúvidas sobre a capacidade do banco de fazer face aos seus compromissos aumentaram, com o custo de comprar protecção sobre dívida do banco, através de "credit default swaps", a mais do que duplicar desde o início do ano. Já as acções do Deutsche Bank desvalorizam quase 40%, em 2016. O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, também já veio a público defender a solidez do banco, dizendo que não há preocupações sobre a entidade financeira. Os receios em relação ao banco aumentaram após os prejuízos de 6,8 mil milhões de euros obtidos em 2015.

Com a dívida do banco a ser castigada, a recompra de alguns desses títulos abaixo do valor a que foram emitidos permitiria ao banco alemão conseguir alguns ganhos de capital. Segundo o Financial Times, das compras ficarão de fora as obrigações de capital contingente (CoCo), que têm sido um dos focos de preocupação dos investidores.

As acções do Deutsche Bank aparentam estar a reagir positivamente a esta intenção revelada pelo Financial Times, com os títulos a avançarem 10,05% para 14,56 euros.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Gatunos Há 2 semanas

Aqui temos um grande banco Alemão na mesma situação do BANIF será que lhe vão dar o mesmo tratamento que fizeram ao BANIF ?
Ou os tramentos de exterminação de bancos falidos é só para os paises pobres do Sul da Europa ?

comentários mais recentes
caganera Há 2 semanas

Melhor comprar caixoes, pois aquilo que têm feito aos outros vao ter um bom enterro. Como diz meu compadre ca se fazem ca se pagam. O nazi do Shaulbe queva pedir bilhoes-ao trilhoes ao pai dele odiabo.

Gatunos Há 2 semanas

Aqui temos um grande banco Alemão na mesma situação do BANIF será que lhe vão dar o mesmo tratamento que fizeram ao BANIF ?
Ou os tramentos de exterminação de bancos falidos é só para os paises pobres do Sul da Europa ?

surpreso1 Há 2 semanas

Tomara a Europa,que todos os bancos fossem como Dbk

pub
pub
pub
pub