Mercados Deutsche Bank perde 60 milhões com aposta ligada à inflação nos EUA

Deutsche Bank perde 60 milhões com aposta ligada à inflação nos EUA

O maior banco alemão usou produtos derivados indexados à inflação dos Estados Unidos, que poderão resultar numa perda de cerca de 53 milhões de euros.
Deutsche Bank perde 60 milhões com aposta ligada à inflação nos EUA
reuters
Negócios com Bloomberg 28 de junho de 2017 às 10:11

O Deutsche Bank, a instituição financeira alemã que tem procurado alterar a forma como gere o risco, fez uma aposta ligada à inflação dos Estados Unidos, que deverá resultar numa perda de 60 milhões de dólares (cerca de 53,3 milhões de euros), avança a Bloomberg.

De acordo com fontes citadas pela agência noticiosa, os traders recorreram a produtos derivados indexados à inflação dos Estados Unidos, o que já está a levar o banco a investigar se os responsáveis pela operação violaram os limites de risco.

O presidente da instituição, John Cryan, tem tentado melhorar os controlos de risco do Deutsche Bank, que já atraíram a atenção dos reguladores em todo o mundo.

Há apenas dois meses, a Reserva Federal dos Estados Unidos multou o banco alemão por este não garantir que os traders respeitam a chamada regra Volcker, uma lei dos Estados Unidos que restringe os bancos de utilizarem os seus próprios fundos para fazer negócios especulativos.

"Se é verdade que uma única operação poderá causar uma perda desse tipo no Deutsche Bank, então isso seria um claro retrocesso nos esforços de Cryan para melhorar os controlos", afirmou Michael Seufert, analista do NordLB, citado pela Bloomberg. "Ele prometeu acabar com essas falhas de controlo".




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

O que é que este tipo de negócios acrescentam a uma economia e criação de emprego??..... N-A-D-A!
Especulação pura e dura.

pub