Mercados Diamantes estão a substituir o ouro como activo de refúgio

Diamantes estão a substituir o ouro como activo de refúgio

Os diamantes estão a tornar-se no novo ouro para os investidores mais ricos.
Diamantes estão a substituir o ouro como activo de refúgio
Mariana Adam 12 de outubro de 2017 às 18:45

Até agora, os investidores que queriam activos de refúgio procuravam ouro, ou títulos do Tesouro. Mas os diamantes estão a tornar-se os melhores amigos de muitos investidores. A negociação de diamantes é uma das indústrias que está a ser optimizada pela introdução da tecnologia "blockchain". 

A Singapore Diamond Investment Exchange (SDIX) lançou no início desta semana um produto que permite negociar de forma padronizada pedras preciosas e que pretende ser um dos refúgios mais procurados dos riscos globais. Este produto pretende eliminar um dos obstáculos da negociação de pedras preciosas: a subjectividade do seu valor - este tem sido o maior entrave ao crescimento da negociação dos diamantes, segundo os especialistas na indústria. Alain Vandenborre, presidente e fundador da SDIX, diz que a tecnologia acabou com os entraves e os diamantes agora podem tornar-se "o novo ouro".








O Diamond Bullion - produzido pela Singapore Mint Diamond - consiste numa colecção de diamantes que é armazenada num dispositivo do tamanho de cartão de crédito, que por sua vez contém um chip que permite uma avaliação imediata com base na negociação cambial e autenticação instantânea - o que é crucial porque os diamantes sintéticos não possuem valor de revenda.

 

O comércio de diamantes tem crescido nos últimos anos, gradualmente. "Até agora, não era possível investir em diamantes como se investe em ouro", afirmou Alain Vandenborre, acrescentando que "os diamantes são a melhor protecção contra a volatilidade".

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.




pub