Mercados Bolsa portuguesa: Dívida deu o melhor retorno. As acções tiveram prejuízo
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Bolsa portuguesa: Dívida deu o melhor retorno. As acções tiveram prejuízo

Uma análise de longo prazo mostra que o risco das acções não compensou, na última década. Deu prejuízo, mesmo tendo em conta a forte valorização em 2013 do PSI-20.
Bolsa portuguesa: Dívida deu o melhor retorno. As acções tiveram prejuízo
Paulo Moutinho 30 de outubro de 2014 às 00:01

A bolsa portuguesa viveu no ano passado o segundo de ganhos desde o período de fortes quedas iniciado com a crise financeira. Investir nas acções, nomeadamente nas das empresas do PSI-20 (incluindo os dividendos pagos pelas

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado anonimo 30.10.2014

Papagaio deficiente



Um sujeito está a visitar uma loja de animais de estimação quando vê
um papagaio sentado num pequeno poleiro. O papagaio não tem pernas nem
patas.

O fulano diz, em voz alta:
"O que terá acontecido a este papagaio?"

O papagaio responde:
"Nasci assim. Sou um papagaio defeituoso."

"C'um caraças!", diz o homem. "Pareces ter percebido o que eu disse!"

"Percebi tudinho", diz o papagaio. "Acontece que eu sou um
Papagaio muito inteligente e instruído. "

"Ah, é?!", pergunta o homem, "Então explica-me como é que te consegues
segurar no poleiro se não tens pés. "

"Bom," diz o papagaio, "isso é um bocado embaraçoso, mas, já que
perguntas, eu enrolo a minha pilinha no poleiro como se fosse um
pequeno gancho. Não a vês porque as penas a tapam. "

"Puxa!", diz o homem, "realmente percebes e falas português!!"

"Na verdade eu falo também espanhol e inglês e posso conversar com
competência acerca de quase qualquer assunto; política,
religião,desporto, física, filosofia. Sou especialmente bom em
ornitologia. Devias mesmo comprar-me. Eu seria uma companhia bestial.
"

O sujeito olha para a etiqueta do preço e vê 300 euros. "Desculpa, mas
és simplesmente demasiado caro para mim."

"Psssst!", diz o papagaio, "Eu sou defeituoso, portanto a verdade é
que ninguém me quer; provavelmente podes comprar-me por 30
euros,experimenta fazer uma oferta ao dono da loja".

O homem oferece 30 euros e sai da loja com o papagaio.

Passam-se semanas. O papagaio é sensacional. Tem um grande sentido de
humor, é interessante, é um grande compincha, percebe tudo, é
simpático, sensível. O homem está extasiado.

Um dia ele chega a casa vindo do trabalho e o papagaio diz-lhe
"Psssst!" e com uma asa faz-lhe sinal para ele se chegar. "Não sei !
Se devia contar-te isto ou não, mas é acerca da tua mulher... e do
carteiro".

"De que estás a falar?", pergunta o homem.

"Quando o carteiro veio hoje, a tua mulher cumprimentou-o à porta
vestida com uma camisa de noite preta e beijou-o apaixonadamente" .

"O QUÊ???", o homem exclama, incrédulo.

"E DEPOIS, o que aconteceu?"

"Bom, o carteiro entrou em casa, levantou-lhe a camisa e começou a
beliscá-la", disse o papagaio.

"Meu Deus!", o homem exclama. "E depois o que se seguiu?"

"Bom, ele tirou-lhe a camisa de noite, pôs-se de joelhos e começou a
apalpá-la toda, começando nos seios e lentamente começando a
descer..."
"BOM???" pergunta o homem desvairado, "E DEPOIS O QUE ACONTECEU??"

Isso queria eu saber. Fiquei com tusa e caí do poleiro!

Passos também vai cair do poleiro!!!! Mas é sem tusa!!!!

comentários mais recentes
anonimo 30.10.2014

Papagaio deficiente



Um sujeito está a visitar uma loja de animais de estimação quando vê
um papagaio sentado num pequeno poleiro. O papagaio não tem pernas nem
patas.

O fulano diz, em voz alta:
"O que terá acontecido a este papagaio?"

O papagaio responde:
"Nasci assim. Sou um papagaio defeituoso."

"C'um caraças!", diz o homem. "Pareces ter percebido o que eu disse!"

"Percebi tudinho", diz o papagaio. "Acontece que eu sou um
Papagaio muito inteligente e instruído. "

"Ah, é?!", pergunta o homem, "Então explica-me como é que te consegues
segurar no poleiro se não tens pés. "

"Bom," diz o papagaio, "isso é um bocado embaraçoso, mas, já que
perguntas, eu enrolo a minha pilinha no poleiro como se fosse um
pequeno gancho. Não a vês porque as penas a tapam. "

"Puxa!", diz o homem, "realmente percebes e falas português!!"

"Na verdade eu falo também espanhol e inglês e posso conversar com
competência acerca de quase qualquer assunto; política,
religião,desporto, física, filosofia. Sou especialmente bom em
ornitologia. Devias mesmo comprar-me. Eu seria uma companhia bestial.
"

O sujeito olha para a etiqueta do preço e vê 300 euros. "Desculpa, mas
és simplesmente demasiado caro para mim."

"Psssst!", diz o papagaio, "Eu sou defeituoso, portanto a verdade é
que ninguém me quer; provavelmente podes comprar-me por 30
euros,experimenta fazer uma oferta ao dono da loja".

O homem oferece 30 euros e sai da loja com o papagaio.

Passam-se semanas. O papagaio é sensacional. Tem um grande sentido de
humor, é interessante, é um grande compincha, percebe tudo, é
simpático, sensível. O homem está extasiado.

Um dia ele chega a casa vindo do trabalho e o papagaio diz-lhe
"Psssst!" e com uma asa faz-lhe sinal para ele se chegar. "Não sei !
Se devia contar-te isto ou não, mas é acerca da tua mulher... e do
carteiro".

"De que estás a falar?", pergunta o homem.

"Quando o carteiro veio hoje, a tua mulher cumprimentou-o à porta
vestida com uma camisa de noite preta e beijou-o apaixonadamente" .

"O QUÊ???", o homem exclama, incrédulo.

"E DEPOIS, o que aconteceu?"

"Bom, o carteiro entrou em casa, levantou-lhe a camisa e começou a
beliscá-la", disse o papagaio.

"Meu Deus!", o homem exclama. "E depois o que se seguiu?"

"Bom, ele tirou-lhe a camisa de noite, pôs-se de joelhos e começou a
apalpá-la toda, começando nos seios e lentamente começando a
descer..."
"BOM???" pergunta o homem desvairado, "E DEPOIS O QUE ACONTECEU??"

Isso queria eu saber. Fiquei com tusa e caí do poleiro!

Passos também vai cair do poleiro!!!! Mas é sem tusa!!!!

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub