Bolsa Dona do Angry Birds perde um quinto do seu valor em bolsa

Dona do Angry Birds perde um quinto do seu valor em bolsa

A fabricante de jogos está a afundar 20% em bolsa, depois de ter apresentado resultados considerados "decepcionantes" pelos analistas.
Dona do Angry Birds perde um quinto do seu valor em bolsa
Bloomberg
Negócios 23 de novembro de 2017 às 11:16

A finlandesa Rovio Entertainment, dona do popular jogo Angry Birds, está a afundar em bolsa, na sequência de resultados decepcionantes, dois meses depois da oferta pública inicial que a avaliou em 896 milhões de euros.

Os títulos afundam 19,37% para 9,53 euros, depois de terem chegado a cair um máximo de 20,47%, subtraindo um quinto do valor de mercado à fabricante de jogos.

Segundo os analistas da FIM, citados pela Bloomberg, os resultados do terceiro trimestre foram uma "decepção brutal". Os especialistas explicam que a forte descida das acções está a ser provocada "pelo forte aumento dos investimentos na captação de novos utilizadores e pelas receitas mais baixas do que o esperado".

A Rovio gastou 22,2 milhões de euros num esforço para atrair novos utilizadores para os seus jogos no último trimestre, mais de quatro vezes o montante que investiu no mesmo período do ano passado.

Esse esforço reduziu a rentabilidade, com o EBITDA a cair 29% para 6,1 milhões de euros.

Segundo a Bloomberg, as recomendações dos analistas sugerem, porém, que as acções têm margem para subir. Os especialistas consultados pela agência noticiosa recomendam "comprar" os títulos, com os targets a atribuírem um potencial de valorização de mais de 40% nos próximos 12 meses. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub