Bolsa Dow Jones alcança novo máximo histórico ainda a beneficiar de Trump

Dow Jones alcança novo máximo histórico ainda a beneficiar de Trump

O índice industrial Dow Jones estabeleceu um novo máximo de sempre e está mesmo próximo de superar pela primeira vez a barreira de 20 mil pontos. A expectativa sobre o plano económico de Donald Trump continua a animar Wall Street.
Dow Jones alcança novo máximo histórico ainda a beneficiar de Trump
Bloomberg
David Santiago 20 de dezembro de 2016 às 15:12
Ao tocar nos 19.986,53 pontos o índice industrial alcançou um novo máximo histórico pouco depois da abertura da sessão desta terça-feira, 20 de Dezembro, em Wall Street. Nesta altura o Dow Jones segue a ganhar 0,50% para 19.982,78 pontos, continuando próximo do limiar dos 20 mil pontos, barreira psicológica nunca ultrapassada pelo índice industrial. 

Tal como no início da sessão também o tecnológico Nasdaq Composite e o índice Standard & Poor's 500 continuam a transaccionar em alta, estando o primeiro a avançar 0,47% para 5.483,027 pontos e o segundo a apreciar 0,36% para 2.270,77 pontos. 

O Dow Jones continua a beneficiar da expectativa positiva dos investidores relativamente aos benefícios que o plano económico do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, trará para o país. Em especial para o sector industrial, uma vez que Trump já anunciou a intenção de apostar num importante aumento da despesa pública e investimento em infra-estruturas. Desde a vitória de Trump nas presidenciais de 8 de Novembro o Dow Jones tem vindo a renovar máximos de sempre.  

A Reuters refere que o sentimento predominantemente positivo em Wall Street se verifica depois de já terem sido incorporados, ontem, os efeitos negativos da incerteza política decorrente dos atentados terroristas que tiveram lugar, esta segunda-feira, na Turquia e na Alemanha. 

Por outro lado, "os investidores tornaram-se muito rápidos a ‘digerir’ más notícias", salienta Hussein Sayed, chefe de estratégia de mercado na FXTM, citado pela Reuters.

 

Esta agência noticiosa acrescenta ainda que os investidores norte-americanos estão também a travar a realização de grandes apostas naquela que é a última semana completa de negociação bolsista antes da interrupção para festejos natalícios. 

Também a apoiar o optimismo nas praças norte-americanas está a valorização do petróleo, numa altura em que o West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, segue a somar 0,88% para 52,58 dólares por barril e em que em Londres o Brent está a subir 1,58% para 55,79 dólares.

 

A contribuir para esta subida está a sondagem levada a cabo pela agência Bloomberg e cujo resultado estima que as reservas petrolíferas dos Estados Unidos tenham caído, pela quinta semana consecutiva, na semana passada. 

A Exxon Mobil iniciou o dia a ganhar 0,35% para 90,74 dólares e a Chevron a crescer 0,60% para 118,36 dólares.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 20.12.2016


ESTADO NÃO DEVE PAGAR REGABOFE DOS LADRÕES FP / CGA


O BURACO ANUAL DA C.G.A CUSTA MAIS CARO… DO QUE O RESGATE DE UM BANCO


O défice orçamental do OE 2017, é de 3016 milhões de Euros...

e o buraco anual das pensões dos ladrões FP / CGA em 2017, é de 4600 milhões de Euros.

CONCLUSÃO: SÓ EXISTE DÉFICE EM 2017, DEVIDO AO BURACO DA CGA!

comentários mais recentes
Anónimo 20.12.2016


ESTADO NÃO DEVE PAGAR REGABOFE DOS LADRÕES FP / CGA


O BURACO ANUAL DA C.G.A CUSTA MAIS CARO… DO QUE O RESGATE DE UM BANCO


O défice orçamental do OE 2017, é de 3016 milhões de Euros...

e o buraco anual das pensões dos ladrões FP / CGA em 2017, é de 4600 milhões de Euros.

CONCLUSÃO: SÓ EXISTE DÉFICE EM 2017, DEVIDO AO BURACO DA CGA!

pub