Bolsa Dow Jones em novo máximo antes da decisão da Fed

Dow Jones em novo máximo antes da decisão da Fed

As bolsas dos Estados Unidos estão com sinal verde, antes de ser conhecida a decisão da Fed sobre os juros. O mercado aponta como praticamente certa a segunda subida deste ano.
Dow Jones em novo máximo antes da decisão da Fed
Reuters
Rita Faria 14 de junho de 2017 às 14:38

Os principais índices norte-americanos abriram em alta esta quarta-feira, 13 de Junho, antes de ser revelada a decisão da Reserva Federal dos Estados Unidos sobre os juros.

 

O índice industrial Dow Jones marca um novo recorde com uma subida de 0,10% para 21.350,47 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq valoriza 0,17% para 6.230,83 pontos. O S&P500 soma 0,07% para 2.442,03 pontos, depois de ter encerrado a sessão de ontem no valor mais elevado de sempre (valor de fecho).

 

O mercado atribui uma probabilidade de 94% ao anúncio da segunda subida dos juros este ano, por parte da Fed, o que colocará a taxa directora acima de 1% pela primeira vez desde o rescaldo da queda do Lehman Brothers em 2008.

 

A Fed vai anunciar a sua decisão às 19 horas de Lisboa, e dar então início à conferência de imprensa da presidente da instituição, Janet Yellen.  

 

Além desta da decisão sobre os juros, que deverão ficar no intervalo entre 1% e 1,25%, os investidores vão estar atentos a eventuais detalhes sobre os planos do banco central para reduzir o seu balanço de 4,5 biliões de dólares, face à melhoria das condições económicas.

Antes da abertura do mercado, o Departamento do Comércio anunciou que as vendas a retalho nos Estados Unidos registaram, em Maio, a maior queda dos últimos 16 meses, enquanto os preços no consumidor desceram, segundo os números do Departamento do Trabalho.

 

No mês passado, as vendas a retalho diminuíram 0,3%, depois da subida de 0,4% registada em Abril. Os economistas consultados pela Reuters antecipavam um aumento ligeiro de 0,1%. 

 

(Notícia actualizada às 14:42)


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ANDAM A MARRAR o BCP para BAIXO Há 1 semana

ENTÃO E A MINA DE OURO MILENIUM BCP LIVRA QUE SÃO COMO OS BURROS TÊM UMAS PALAS NA CABEça E SÓ VÊM A PHAROL Á FRENTE E NADA MAIS livraaaaaaaaaaaaaa

g Há 1 semana

por cá sempre a mesma pasmaceira de sempre a ver pelo que se passa com o bcp a maior aberração e cancro da bolsa chegou a valorizar cerca de 3% e quase de certeza vai fechar no vermelho. quando um título é preparado à medida dos shortas são cenas destas que assistimos dia após dia, bcp=maior trampa!

pub