Bolsa Dow Jones, S&P 500, Nasdaq e Russell 2000 em máximos históricos

Dow Jones, S&P 500, Nasdaq e Russell 2000 em máximos históricos

As principais praças bolsistas dos Estados Unidos fecharam a subir mais de 1%, a registarem o maior ganho do último mês, numa altura em que o movimento de vendas de obrigações aliviou e aumentou a procura de acções que pagam dividendos na expectativa de que o BCE prolongue o seu programa de compra de dívida.
Dow Jones, S&P 500, Nasdaq e Russell 2000 em máximos históricos
Bloomberg
Carla Pedro 07 de dezembro de 2016 às 21:32

Do outro lado do Atlântico, o arranque nesta sexta-feira foi marcado por descidas muito ligeiras. Com o decorrer do dia, os investidores foram-se animando e vários índices fecharam em novos recordes.

 

O Dow Jones encerrou a somar 1,55% para 19.549,62 pontos, o que constitui um recorde de fecho. Durante a sessão, chegou a tocar nos 19.558,42 pontos, destronando assim o anterior máximo histórico de 19.274,85 pontos, que tinha sido atingido há dois dias.

 

Este tem sido o índice mais sustentado pela perspectiva de um aumento dos gastos em infra-estruturas durante a presidência de Donald Trump, que assume funções a 20 de Janeiro.

 

O Standard & Poor’s, por seu lado, terminou com uma valorização de 1,3% para 2.241,63 pontos, estabelecendo assim novos máximos de sempre. O seu anterior recorde estava nos 2.214,10 pontos e tinha sido marcado no passado dia 30 de Novembro.

 

Também o tecnológico Nasdaq Composite fechou no verde, a ganhar 1,14% para 5.393,76 pontos, suplantando o recorde atingido a 29 de Novembro nos 5.403,86 pontos.

 

A completar o quarteto de recordes esteve o Russell 2000, com um avanço de 0,90%.

 

A sustentar a tendência altista em Wall Street estiveram sobretudo os títulos ligados às telecomunicações e imobiliário, que vieram juntar-se aos sectores que mais têm estado a ganhar terreno desde que Donald Trump venceu as eleições presidenciais dos EUA a 8 de Novembro: banca, indústria, construção, "utilities" e "small caps" [empresas com baixas capitalizações bolsistas, que estão a beneficiar da especulação de que as políticas de Trump "viradas para dentro" irão favorecer as companhias mais focalizadas no mercado interno].

 

Do lado das perdas, destaque para as biotecnologias, depois de Trump se ter declarado contra, numa entrevista à revista Time – que o elegeu personalidade do ano –, preços elevados para os medicamentos.

 

Os investidores estão na expectativa da reunião de amanhã do Banco Central Europeu, para perceberem se a autoridade monetária irá estender o seu programa de compra de activos além de Março de 2017 – estando o mercado a posicionar-se para uma continuação das compras mensais de activos no valor de 80 mil milhões de euros.

 

Além disso, os intervenientes dos mercados estão também à espera de mais pistas sobre a resiliência da economia, para tentarem perceber se esta está suficientemente sólida para suportar uma subida das taxas de juro.

 

Os economistas inquiridos pela Bloomberg apontam para uma probabilidade de 100% de a Reserva Federal norte-americana aumentar os juros na reunião de 13 e 14 de Dezembro – quando no início de Novembro, antes das eleições presidenciais de dia 8, a expectativa média de isso acontecer estava nos 68%.

 

A Fed iniciou o movimento de subida das taxas de juro em Dezembro do ano passado, tendo os juros directores aumentado para um intervalo compreendido entre 025% e 0,50% - desde Dezembro de 2008 que estavam fixados no mais baixo nível de sempre, entre 0% e 0,25%.


A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Richard 08.12.2016

Contact Kayzed Consultants


Kayzed Helps the organization in getting ISO Certification and other significance done smoothly and cost effectively. Just fill the simple form and get in touch with us for any kind of services as ISO consultancy training, certification against various standards li

Queens 08.12.2016

Contact Kayzed Consultants
What We Do ?
ISO Consultancy
Business Process Re-engineering
ISO Training
Documentation & Standardization
Maintenance of ISO Management System.
Management consultancy
Event Management And Marketing Consultancy.
Strategy Business Planing
Franchise Consul

Queens 08.12.2016

Contact Kayzed Consultants
What We Do ?
ISO Consultancy
Business Process Re-engineering
ISO Training
Documentation & Standardization
Maintenance of ISO Management System.
Management consultancy
Event Management And Marketing Consultancy.
Strategy Business Planing
Franchise Consul

Queens 08.12.2016

Contact Kayzed Consultants
What We Do ?
ISO Consultancy
Business Process Re-engineering
ISO Training
Documentation & Standardization
Maintenance of ISO Management System.
Management consultancy
Event Management And Marketing Consultancy.
Strategy Business Planing
Franchise Consul

ver mais comentários
pub