Bolsa EDP e REN castigadas em bolsa por proposta da ERSE

EDP e REN castigadas em bolsa por proposta da ERSE

As acções da EDP e da REN registaram fortes quedas esta segunda-feira, a reflectir a proposta da ERSE para os preços da electricidade. A eléctrica lidera mesmo a descida entre os pares europeus.
EDP e REN castigadas em bolsa por proposta da ERSE
Sara Antunes 16 de outubro de 2017 às 16:55

O dia foi de fortes quedas entre a EDP e a REN, depois de na sexta-feira, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) ter anunciado a proposta para a actualização dos preços da electricidade em 2018. A proposta aponta para uma descida de 0,2% no preço, o que corresponde a uma redução de 0,09 euros numa factura de 45,7 euros. A medida vai beneficiar os 1,2 milhões de consumidores no mercado regulado de electricidade, onde o único comercializador é a EDP Serviço Universal.

 

Esta proposta mereceu a reacção dos analistas, que apontam para um impacto significativo para o sector, com a EDP à cabeça. E isso reflectiu-se na evolução das acções, com a EDP a ser a "utilitie" europeia que mais deslizou esta segunda-feira.

 

A EDP fechou a sessão a perder 3,51% para 2,998 euros, sendo esta a queda mais pronunciada desde Junho, com um volume de acções de bastante mais elevado do que a média diária dos últimos seis meses. Trocaram de mãos 13,3 milhões de acções da eléctrica, quando a média diária é de 6,6 milhões.

 

Já a REN perdeu 2,58% para 2,68 euros, o que representa a descida mais acentuada desde Maio. As acções da empresa liderada por Rodrigo Costa atingiram mesmo o valor mais baixo desde 17 de Março. A liquidez também foi elevada, tendo trocado de mãos 2,29 milhões de acções, quando a média diária dos últimos seis meses é de 724,3 mil títulos.

 

A contribuir para estas descidas estiveram as reacções dos analistas. O Haitong cortou a avaliação da EDP em 20 cêntimos para 3,10 euros, depois desta proposta. A recomendação é de "neutral", uma vez que o "target" confere às acções da eléctrica liderada por António Mexia um potencial de 3,4%.

O BPI e o CaixaBI mantiveram as suas recomendações, bem como os preços-alvo, mas alertaram para os impactos negativos na acção da EDP.

 

Quanto à REN, o Haitong decidiu cortar o preço-alvo para 2,80 euros (face a 3,05 euros) e descer a recomendação da REN para "neutral".




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 5 dias

Mexia vai afundar a EDP. Ainda faltam as barragens e os patrocinios da Fundação EDP. Vai ser uma festa. Descobriram a careca do Mexia e do Paulo Costa. Os chineses já devem saber de tudo...só os jornalistas andam a dormir. São as paginas de publicidade...

COMPREM MOTA ENGIL. Há 5 dias

A construção arrancou em força novos contratos vem aí, esta é a cotação que pode duplicar. 2014 passou dos 6.00 euros, até ao fim do ano 4.50 euros

Richard Há 5 dias

Contact Kayzed Consultants


Kayzed Helps the organization in getting ISO Certification and other significance done smoothly and cost effectively. Just fill the simple form and get in touch with us for any kind of services as ISO consultancy training, certification against various standards li

Richard Há 5 dias

Contact Kayzed Consultants


Kayzed Helps the organization in getting ISO Certification and other significance done smoothly and cost effectively. Just fill the simple form and get in touch with us for any kind of services as ISO consultancy training, certification against various standards li

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub