Obrigações Emissões de dívida de 2017 custam mais 46 milhões por ano
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Emissões de dívida de 2017 custam mais 46 milhões por ano

O financiamento de médio e longo prazo está mais caro. Mas o Estado tem forma de controlar o custo médio da dívida. No entanto, a factura com juros pode dificultar o cumprimento das metas do défice nos próximos anos.
A carregar o vídeo ...
Rui Barroso 09 de fevereiro de 2017 às 00:01

Portugal regressou ao mercado de dívida de médio e de longo prazo. E, mais uma vez, as taxas de juro subiram face às últimas operações comparáveis, tendo ficado nos níveis mais altos desde a saí

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Skizy Há 2 semanas

política da geringonça vai custar mais 500 milhoes em 10 anos so nas emissoes as 10 anos. Politica para tolos.

comentários mais recentes
Mr.Tuga Há 2 semanas

Absolutamente NADA deixa o Toine Bosta intranquilo!
E muito menos o seu melhor MINISTRO: Martelo Afectuoso!

Errado Há 2 semanas

Mas isto é um jornal económico? Então não sabem que com esta emissão a taxa a 10 anos reduziu? Tiraram Economia na farinha amparo? tristeza de jornalismo, fraquinho fraquinho, vá façam lá outra vez as contas seus incompetentes.

Anónimo Há 2 semanas

Parabéns Costa continua, a estratégia está correta.

Ceguinhos Há 2 semanas

Grande politica a da geringonça...o que anunciam que dão aos portugueses por um lado...acabam por tirar por outro...levamos com aumento impostos para pagar mais juros aos credores em vez de investirem mais no país (reforço SSocial, saude, escolas, etc...). A quem pretendem enganar?!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub