Câmbios Euro cai para mínimos de sete meses depois do BCE

Euro cai para mínimos de sete meses depois do BCE

A moeda única europeia está a negociar no valor mais baixo desde Março, depois de o BCE ter mantido a sua política monetária e ter garantido que, em Frankfurt, não ponderam reduzir os estímulos.
Euro cai para mínimos de sete meses depois do BCE
Bloomberg
Rita Faria 21 de Outubro de 2016 às 07:41

A moeda única europeia está a negociar no valor mais baixo dos últimos sete meses face ao dólar, depois de o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, ter sinalizado esta quinta-feira que o programa de estímulos à economia não terá um fim "abrupto".

Em queda pela quarta sessão consecutiva, o euro desce 0,2% para 1,0907 dólares, depois de já ter tocado nos 1,0896 dólares, o valor mais baixo desde o dia 10 de Março.

Na reunião mensal, que decorreu ontem em Frankfurt, o BCE decidiu não fazer qualquer alteração na sua política monetária. A taxa de juro de referência foi mantida em 0%, a taxa de depósitos em -0,4% e o programa de compra de activos no valor de 80 mil milhões de euros por mês.

Na conferência de imprensa, Mario Draghi garantiu ainda que, em Frankfurt, estão longe de ponderar uma redução dos estímulos – pelo contrário - desmentindo uma notícia avançada há umas semanas pela Bloomberg de que a autoridade monetária estaria a debater a estratégia de retirada.

Os analistas aguardam agora pela reunião de Dezembro para mais novidades sobre eventuais alterações de política. 

Esta semana, a moeda única já perdeu 0,6%. Entre as principais divisas, só o dólar canadiano desceu mais. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Luís Duque Há 2 semanas

Pouco a pouco o Euro vai desaparecendo, já o cheguei a ver a 1.45 doláres agora está a 1.08 e o futuro próximo concerteza irá trazer a paridade, a partir daí será o inevitável descalabro.

pub