Bolsa F. Ramada dispara 13% após vender posição na Base

F. Ramada dispara 13% após vender posição na Base

As acções da F. Ramada estão em máximos de Maio, reagindo à mais-valia de 40 milhões de euros alcançada com a venda da posição do sector da saúde.
F. Ramada dispara 13% após vender posição na Base
Negócios 19 de julho de 2017 às 15:03

A F. Ramada Investimentos está em destaque esta quarta-feira na bolsa portuguesa, com uma valorização próxima dos 13%, reagindo ao negócio que anunciou hoje antes da abertura da sessão.

 

As acções dispararam um máximo de 12,9% para 8,40 euros, o que representa o nível mais elevado desde Maio deste ano e eleva a valorização acumulada em 2017 para 63,41%.

 

Os títulos também se destacam pela liquidez, já que foram transaccionadas 14.384 acções, quase seis vezes mais a média diária dos últimos seis meses.

 

A subida de hoje elevou a capitalização bolsista da cotada para 214 milhões de euros e surge depois de a F. Ramada ter anunciado a venda da totalidade das acções que detinha na Base Holding.

 

O negócio gerou para a F. Ramada, empresa liderada por Borges de Oliveira (accionista da Cofina, que é proprietária do Negócios) uma mais-valia superior a 40 milhões de euros.




pub