Bolsa Falta de nicotina provoca ressaca em Wall Street

Falta de nicotina provoca ressaca em Wall Street

As bolsas do outro lado do Atlântico encerraram a revelar uma tendência mista na sessão desta sexta-feira. O S&P 500 e o Nasdaq ficaram no vermelho, mas o Dow Jones inverteu para a alta e chegou mesmo a marcar um novo máximo histórico.
Falta de nicotina provoca ressaca em Wall Street
Bloomberg
Carla Pedro 28 de julho de 2017 às 21:08

Os principais mercados accionistas norte-americanos abriram em terreno negativo e assim se mantiveram ao longo do dia no caso do S&P 500 e do Nasdaq, mas o Dow Jones conseguiu inverter e entrar em terreno positivo – chegando mesmo a tocar no valor mais alto de sempre.

 

O Standard & Poor’s 500 encerrou a ceder 0,13% para 2.472,10 pontos, e o índice tecnológico Nasdaq Composite recuou 0,12% para 6.374,67 pontos.

 

Já o Dow Jones terminou o dia a somar 0,15% para 21.830,31 pontos, naquele que foi um recorde de fecho. Na negociação intradiária estabeleceu um novo máximo histórico ao tocar nos 21.841,18 pontos.

 

No início da sessão, as bolsas de Wall Street foram sobretudo penalizadas pelo mau desempenho da Amazon e pela revisão em baixa do PIB do primeiro trimestre nos Estados Unidos.

 

A economia norte-americana cresceu 2,6% no segundo trimestre, ficando assim em linha com as expectativas, mas reviu em baixa os números do primeiro trimestre, com o incremento de 1,2% do PIB (contra 1,4% reportados anteriormente) a desiludir os investidores.

 

Por outro lado, a Amazon.com apresentou ontem, depois do fecho de Wall Street, as suas contas trimestrais, tendo apresentado resultados decepcionantes – o que valeu um mau desempenho bolsista à gigante do comércio electrónico liderada por Jeff Bezos.

 

A má performance da Amazon acabou por influenciar negativamente o sector tecnológico – que tem estado a ganhar terreno nos últimos tempos, na expectativa de uma retoma económica mais forte, e que desde o início do ano sobe agregadamente 22%, sendo o melhor desempenho entre os 11 grupos sectoriais do S&P 500.

 

Mas, mais para o meio da jornada, surgiu outro elemento que veio adensar o clima negativo: os reguladores norte-americanos propuseram reduzir os níveis de nicotina nos cigarros, o que fez com que as acções das tabaqueiras caíssem e pressionassem a negociação em geral.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub