Crédito Fazer o crédito à habitação numa app? Os CTT já permitem

Fazer o crédito à habitação numa app? Os CTT já permitem

O Banco CTT entrou no crédito à habitação com uma oferta inovadora. Vai ser possível fazer o empréstimo através de uma aplicação.
Fazer o crédito à habitação numa app? Os CTT já permitem
Bruno Simão
Patrícia Abreu 26 de janeiro de 2017 às 17:31

O Banco CTT lançou-se no crédito à habitação com um "spread" único de 1,75% e uma novidade no mercado nacional. A partir de agora vai ser possível tratar de todo o processo de contratação do empréstimo, até ao momento da escritura, através de uma aplicação. A app casa bancoctt permite aos clientes tratar de toda a documentação e acompanhar as várias fases do processo sem ter que se deslocar ao banco.


"Com a app casa bancoctt pode fazer tudo a partir de casa", explicou João Mello Franco, da Comissão Executiva do Banco CTT, na apresentação da solução de crédito à habitação do Banco CTT. A app, entre outras coisas, permite ver a fase do processo, verificar quantas fases faltam, anexar documentos através de uma fotografia, ou confirmar a documentação que já enviou.


O objectivo é facilitar todo o processo, através de um "serviço de mensagens totalmente seguro", garantiu o mesmo responsável, acrescentando que esta app parte da parceria dos CTT com uma fintech portuguesa.


Mas esta é apenas uma solução. Quem preferir seguir o modelo tradicional pode dirigir-se directamente a um balcão e negociar o crédito directamente.

Para quem escolher a aplicação, é possível fazer "tudo através da app, até à escritura", segundo Luís Pereira Coutinho, CEO do Banco CTT. Nessa altura serão conferidos todos os documentos e assinada a escritura.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub