Mercados num minuto Fecho dos mercados: Banca dita dia negativo para as bolsas. Juros descem

Fecho dos mercados: Banca dita dia negativo para as bolsas. Juros descem

A banca italiana continua sob pressão, com uma maior relutância sobre a eficácia do plano de recapitalização do Monte dei Paschi. Já as taxas das obrigações da Zona Euro, incluindo as portuguesas, registaram descidas.
Fecho dos mercados: Banca dita dia negativo para as bolsas. Juros descem
Rui Barroso 19 de Dezembro de 2016 às 17:19

Os mercados em números

PSI-20 desliza 0,17% para 4.620,04 pontos

Stoxx 600 perde 0,12% para 359,59 pontos

S&P 500 ganha 0,15% para 2261,36 pontos

"Yield" 10 anos de Portugal desce 4,5 pontos base para 3,758%

Euro desce 0,09% para 1,0442 dólares

Brent perde 0,31% para 55,04 dólares por barril

Banca arrasta bolsas

Numa sessão marcada por uma menor liquidez, o Stoxx 600 deslizou 0,12%, com a banca a penalizar. O índice desse sector teve a maior descida do dia, com o Unicredit a perder 4,53%. A solução para recapitalizar o Monte dei Paschi aparenta ter sofrido um novo recuo, depois do fundo italiano para absorver o malparado ter referido que tinha "fortes reservas" sobre os termos dos empréstimos planeados para o banco. Entretanto, o Monte dei Paschi, que perdeu 11,04%, continua em contra-relógio para conseguir capitalizar-se.

Ainda no sector da banca, o Deutsche Bank também penalizou. As acções cederam 4,47%. A Reuters noticiou que o acordo para a coima a pagar nos EUA poderá ser anunciado esta semana. A contrabalançar as descidas da banca estiveram as cotadas do sector tecnológico, com ganhos acima de 1%.

No PSI-20, a sessão também foi de perdas. O índice cedeu 0,17%. As quedas de 2,34% do BCP, de 2% da Jerónimo Martins e de 1,56% da Galp impediram uma sessão de ganhos na bolsa nacional. A Navigator também cedeu mais de 1%. A impedir descidas de maior dimensão estiveram os ganhos de 2,24% da EDP Renováveis e de 0,91% da EDP. A Mota-Engil e a Sonae também avançaram mais de 2%.

Taxa das obrigações europeias descem

As taxas das obrigações soberanas da Zona Euro tiveram quedas generalizadas. E Portugal acompanhou a tendência. A "yield" a dez anos baixou 4,5 pontos base para 3,758%. Também em Espanha e em Itália, as taxas registaram descidas. Os juros implícitos dos títulos espanhóis a dez anos baixaram 6,1 pontos base para 1,363%. No caso de Itália, a "yield" caiu 5,4 pontos base para 1,819%.

Apesar da descida dos juros portugueses, o prémio de risco face às obrigações alemãs, vistas como a referência na Zona Euro, aumentou. Isto porque a taxa alemã baixou 6,7 pontos base para 0,247%. O "spread" da dívida nacional agravou-se para 351 pontos base.

Euribor sobe a três meses

As taxas Euribor subiram a três meses e ficaram inalteradas a seis e a 12 meses. O indexante a três meses aumentou 0,1 pontos base para -0,313%, segundo dados da agência Lusa. Já a taxa a seis e a 12 meses voltaram a ser fixadas em -0,216% e em -0,081%, respectivamente, esta segunda-feira.

Libra desce e Deutsche Bank diz que está sobreavaliada

A libra regressou às descidas face ao dólar. A divisa britânica perdeu 0,64% para 1,2416 dólares. E apesar da desvalorização de 16% desde a vitória do Brexit no referendo de 23 de Junho, entidades como o Deutsche Bank consideram que a libra está sobreavaliada. Os analistas do banco alemão disseram, numa nota citada pela Bloomberg, que viam "um bom risco-recompensa na reentrada de apostas na descida" da libra.

Brent defende fasquia de 55 dólares

O Brent desvalorizou, mas a matéria-prima continua a negociar acima de 55 dólares. O preço desce 0,31% para 55,04 dólares por barril. Já nos EUA, o preço do West Texas Intermediate sobe 0,19% para 52 dólares. Mike Dragosits, estratego da TD Securities, referiu à Bloomberg que "por agora o mercado está bastante calmo", com os investidores a aguardar dados que permitam avaliar se a OPEP conseguirá implementar o acordo para o corte de produção.

Ouro sobe pela segunda sessão

Após os ganhos no primeiro semestre, o ouro tem sofrido desvalorizações sucessivas nos últimos meses devido às perspectivas de subidas de taxas de juro nos EUA e do regresso da inflação. Mas a pressão vendedora sobre o metal amarelo aliviou. O preço da onça de "troy" sobe 0,47% para 1.140,22 dólares esta segunda-feira, a segunda subida consecutiva. Segundo analistas citados pela Bloomberg, os indicadores técnicos deram sinais de que as descidas do ouro foram excessivas, levando alguns investidores a fechar as posições a apostar na descida. Além disso, os receios de piores relações entre a China e os EUA, também levou à procura por este activo que tem características de refúgio.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Richard Há 3 dias

Contact Kayzed Consultants


Kayzed Helps the organization in getting ISO Certification and other significance done smoothly and cost effectively. Just fill the simple form and get in touch with us for any kind of services as ISO consultancy training, certification against various standards li

Richard Há 3 dias

Contact Kayzed Consultants


Kayzed Helps the organization in getting ISO Certification and other significance done smoothly and cost effectively. Just fill the simple form and get in touch with us for any kind of services as ISO consultancy training, certification against various standards li

Richard Há 3 dias

Contact Kayzed Consultants


Kayzed Helps the organization in getting ISO Certification and other significance done smoothly and cost effectively. Just fill the simple form and get in touch with us for any kind of services as ISO consultancy training, certification against various standards li

pub
pub
pub
pub