Mercados Fundo de bitcoins perdeu metade do seu valor em duas semanas

Fundo de bitcoins perdeu metade do seu valor em duas semanas

O valor da Bitcoin continua em perda, depois de ter ficado com menos de 16% na sessão de ontem e perder mais 4,5% nesta sexta-feira, perante sinais de aumento de regulação das criptomoedas na China.
Fundo de bitcoins perdeu metade do seu valor em duas semanas
reuters
Mariana Adam 15 de setembro de 2017 às 13:22

O Grayscale's Bitcoin Investment Trust, um fundo de bitcoin fechado, perdeu quase metade de seu valor nas últimas duas semanas, de acordo com o MarketWatch. Este fundo afundou mais 8% ontem, quinta-feira dia 14 de Setembro, e soma assim perdas de 48% só este mês.

A bitcoin perdeu um terço do valor desde o início de Setembro e só ontem chegou a cair mais de 16%. E esta sexta-feira recua mais 4,52% para 3237,89 dólares, tendo estado a negociar em mínimos de mais de um mês. No entanto, a criptomoeda continua a valer mais do que há um ano, quando se fixava nos 600 dólares (503 dólares).


A empresa de investimentos, conhecida como Bitcoin Investment Trust, que se concentra especificamente em moedas digitais, afundou quase 50%, mas o seu saldo anual é ainda mais positivo: 320%.  O fundo Bitcoin  - o primeiro veículo de investimento relacionado com Bitcoin  -  cresceu 16 mil por cento em dois anos, mais do que valorizou a criptomoeda.

No início do mês este fundo negociava em mais de 1,000 dólares, um prémio de cerca de 30% face ao seu valor patrimonial, Net Asset Value, ou NAV (os fundos de investimento fechados têm um valor de mercado - a cotação - e um valor patrimonial que é o real valor do fundo se fosse liquidado nesse dia). Na quinta-feira o NAV deste fundo era de cerca de 311 dólares, mas o preço que os investidores pagam por ele era de 518 dólares, um prémio de cerca de 60%, revela o FactSet.

Dias duros para a bitcoin

 

Uma das maiores casas de câmbio de Bitcoin na China anunciou ontem que vai encerrar, depois de os reguladores chineses terem pedido, na semana passada, o fecho de casas que compram e vendem aquela moeda. Este é mais um revés para a moeda digital.


Na véspera, quarta-feira 13 de Setembro, o presidente do JPMorgan, Jamie Dimon, avisou que quem aposta na BItcoin "vai perder tudo" e apelidou a criptomoeda de "fraude".


Esta pressão ocorre depois de o governo da China ter proibido a obtenção de financiamento público através da oferta inicial de moedas. Cerca de dois terços das bitcoins emitidas no mundo vem daquele país. O mercado fala mesmo na possibilidade de a China proibir completamente a negociação de bitcoin.

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.




pub
pub
pub
pub