Bolsa Fundos do Santander deixam de ter participação qualificada na Sonae Capital

Fundos do Santander deixam de ter participação qualificada na Sonae Capital

A Sonae Capital informou a CMVM que dois fundos geridos pelo Santander deixaram de ter uma participação qualificada na empresa liderada por Cláudia Azevedo.
Fundos do Santander deixam de ter participação qualificada na Sonae Capital
Negócios 06 de janeiro de 2017 às 19:57

Em comunicado enviado esta sexta-feira, 6 de Janeiro, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae Capital revelou ter ontem recebido a informação da parte do Santander Asset Management de que os fundos geridos por esta instituição deixaram de deter uma participação qualificada no capital social da cotada liderada por Cláudia Azevedo.

 

Na nota enviada ao regulador dos mercados, a Sonae Capital explica que a diminuição da participação dos fundos do Santander aconteceu no passado dia 3 de Janeiro mediante a venda, pelo Fundo Santander PPA, de 12 mil acções.

 

Com esta venda os fundos geridos pelo Santander passaram a deter uma participação inferior ao limiar de 2% que confere o título de participação qualificada.

 

Assim, desde a última terça-feira o Fundo Santander PPA passou a deter uma participação de 0,03% (87.258 títulos accionistas) e o Fundo Santander Acções Portugal uma fatia de 1,96% (4.910.760 acções) do capital social da Sonae Capital. No total, estes dois detêm agora 1,99% da cotada.


A Sonae Capital encerrou a sessão bolsista desta sexta-feira a negociar nos 0,755 euros por acção.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 07.01.2017

Nao creio que seja igual:o hippertenso irrequieto mandou suspender e bem o exame clinico diario pelo porta-voz do orca-passarinho.O hippertenso ja estava farto de ouvir o palerma chamar presidente ao orca apassarado.Assim vai o curral da burguesia,e so vomitos.

pub