Bolsa Galp, EDP e Nos dão primeira sessão de ganhos da semana ao PSI-20

Galp, EDP e Nos dão primeira sessão de ganhos da semana ao PSI-20

O principal índice da bolsa de Lisboa terminou em alta, pela primeira vez esta semana, em alta, suportado nomeadamente pelos ganhos de cotadas do sector da energia e dos CTT. Entre as restantes praças europeias, o verde é a cor dominante.
Galp, EDP e Nos dão primeira sessão de ganhos da semana ao PSI-20
Bruno Simão/Negócios
Ana Laranjeiro 18 de outubro de 2017 às 16:46

Pela primeira vez esta semana, a bolsa de Lisboa terminou em terreno positivo, em linha com os principais índices europeus. O PSI-20 ganhou 0,19% para 5.461,19 pontos, com 11 cotadas em alta e sete em queda, num dia em que o IGCP levantou os 1.250 milhões de euros máximos previstos no leilão de curto prazo, conseguindo baixar o custo de financiamento uma vez mais, com as taxas de juro ainda mais negativas.

O índice de referência na Europa valoriza menos de 0,5%. Este comportamento das praças europeias tem lugar numa altura em que o mercado aguarda pela divulgação do livro Bege da Fed, agendado para hoje, para ter acesso a um retrato sobre a "saúde" da economia norte-americana.

Há ainda outros temas a marcar o dia nos mercados, como o início da conferência do Partido Comunista da China, a Catalunha – cuja incerteza política se mantém -, e as negociações em torno do NAFTA. Além disso, amanhã começa a Cimeira Europeia de dois dias que terá a saída do Reino Unido da União Europeia como tema central.

"Precisamos de muito mais clareza em termos de política monetária", refere Peter Rosenstreich, do Swissquote Bank, à Reuters. O encontro do Banco Central Europeu é na próxima semana e o mercado aguarda para perceber se a autoridade monetária vai anunciar novidades em torno do programa de compra de activos em curso. E Peter Rosenstreich salienta que "há algumas questões em torno da Fed", nomeadamente quem vai suceder a Janet Yellen.

Na bolsa de Lisboa, a Galp Energia ganhou 0,64% para 15,605 euros, depois de ter negociado nos 15,82 euros, o que corresponde a máximos de 2011. O Haitong emitiu uma nota de análise na qual estima que os lucros da petrolífera tenham subido 17% para 421 milhões até Setembro.

A EDP subiu 0,50% para 3,014 euros. E a EDP Renováveis desceu 0,55% para 7,026 euros.

Os CTT subiram 1,46% para 5,078 euros, apesar dos analistas do banco de investimento da Caixa Geral de Depósitos terem cortado o preço-alvo atribuído às acções dos CTT de 6,90 euros para 6,50 euros, mantendo inalterada a recomendação em "comprar".

A Nos subiu 0,81% para 5,34 euros. O Haitong também emitiu uma nota para a operadora liderada por Miguel Almeida, na qual estima que o resultado líquido da empresa tenha subido 36% até Setembro.

O BCP ganhou 0,43% para 25,71 cêntimos, num dia em que o Novo Banco foi vendido.

 

No sector da pasta e do papel, a Altri subiu 0,69% para 5,417 euros, a Semapa avançou 0,35% para 17,095 euros. E a Navigator cedeu 0,23% para 4,33 euros.

A travar maiores ganhos da bolsa de Lisboa estiveram títulos como os da Jerónimo Martins, que desceram 0,89% para 15,65 euros. A Pharol terminou o dia a recuar 2,20% para 48,9 cêntimos depois de na actual sessão ter chegado a tocar nos 51 cêntimos, o que corresponde ao valor mais elevado desde 2015.


(Notícia actualizada às 16:55)




A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Criador de Touros Há 1 dia

Isabel dos Santos no Observador diz que investimento no BCP é para continuar... e mais isto, talvez o BCP invista na China como a Fosun quer. Acho muito boa ideia. Isabel dos Santos: “os acionistas vão decidir qual vai ser a sua política de investimentos, se será na Europa ou noutro sítio”, adiantou”.

Criador de Touros Há 1 dia

Disse que a AT me dava COMPRA FORTE BCP e os tesos apagaram logo o comentário. Vamos ver se os tesos ficam cheios de medo amanhã.

PIRATA Há 1 dia

oi caiu hoje bastante , se continuar a cair o acordo não deve ser aprovado dia 23,deve ser aprovado na 2 volta ,pra algem poder comprar mais barato nas próximas semanas.

Anónimo Há 1 dia

Onde anda o pharolito com os seus dons de adivinhação? Deve estar bem entalado deve... ahahahahah.

ver mais comentários