Bolsa Galp sobe 4,5% após acordo da OPEP e anima bolsa

Galp sobe 4,5% após acordo da OPEP e anima bolsa

A bolsa nacional fechou a sessão a subir, animadas pelos ganhos da Galp Energia, num dia em que a petrolífera beneficiou da subida expressiva do petróleo, após o acordo no seio da OPEP.
Galp sobe 4,5% após acordo da OPEP e anima bolsa
Sara Matos
Sara Antunes 30 de Novembro de 2016 às 16:41

O PSI-20 subiu 0,90% para 4.454,87 pontos, num comportamento semelhante ao verificado no resto da Europa, com o sector petrolífero em destaque, depois da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) ter chegado a acordo sobre o corte de produção.

Os membros da OPEP acordaram cortar a produção em 1,2 milhões de barris por dia, na reunião que decorreu esta quarta-feira, 30 de Novembro, não tendo sido revelados muitos pormenores sobre o assunto. Ainda assim, este acordo, no qual já poucos acreditavam, fez disparar os preços do petróleo, que seguem a subir mais de 7% para 49,77 dólares por barril no caso do Brent (petróleo negociado em Londres e referência para Portugal).

O sector petrolífero reagiu em forte alta e a Galp não foi excepção. A petrolífera nacional encerrou a subir 4,50% para 12,765 euros.

No restante sector da energia, a EDP cresceu 0,63% para 2,727 euros, a EDP Renováveis apreciou 0,30% para 6,006 euros e a REN avançou 0,08% para 2,579 euros. 

Do lado das quedas, e a travar a subida do principal índice bolsista, esteve a Mota-Engil, ao perder 0,85% para 1,511 euros, bem como a Nos, que cedeu 0,06% para 5,349 euros. 

Na banca, o BCP subiu 0,41% para 1,18 euros, enquanto o BPI recuou 0,18% para 1,127 euros e as unidades de participação do Montepio fecharam inalteradas nos 0,431 euros. 

(Notícia actualizada às 16:51 com mais informação)

 

 

 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

The Navigator, Altri, Semapa, SONAE e Sonae Capital, escolhem qualquer uma delas para dar alguma alegria nos próximos tempos, já agora, deixar claro que tenho todas elas!

Anónimo Há 1 semana

SONAE, ou sobe ou aguenta, está no bom caminho... para quem tanto criticava já devem estar arrependidos, do meu lado já acúmulo 5,3%, nada mau, mas continuarei com elas em carteira até , quem sabe, final do 1ºQ de 2017.

investidor Há 1 semana

A Mota E. gripou, fujam enquanto é tempo, 1.20 euro por ação em breve, é lixo, abram os olhosm comprem ações que deem bons dividendos, é o caso da Navigator, Áltrí, Semapa, mas deem preferência á navigator ,tem, um potencial de 48%, saibam esperar, o pânico é o inimigo da bolsa.

pub