Bolsa Galp e JM levam PSI-20 a contrariar perdas na Europa

Galp e JM levam PSI-20 a contrariar perdas na Europa

A bolsa nacional está a negociar em terreno positivo, contrariando a tendência de queda das congéneres europeias. A Jerónimo Martins negoceia no valor mais alto em mais de três anos e a Corticeira Amorim já atingiu um novo máximo histórico.
Galp e JM levam PSI-20 a contrariar perdas na Europa
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 19 de Outubro de 2016 às 13:27

A bolsa nacional está a negociar em alta pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a valorizar 0,34% para 4.694,46 pontos. Das 18 cotadas que compõem o principal índice português, dez estão em alta, seis em queda e duas inalteradas.

Lisboa está a contrariar o desempenho negativo da maioria das praças europeias, numa altura em que os investidores aguardam pela reunião mensal do Banco Central Europeu (BCE) agendada para esta quinta-feira, 20 de Outubro.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desce 0,12% para 342,07 pontos, depois de ter registado ontem a maior subida do último mês.

No plano nacional, a Galp Energia e a Jerónimo Martins são as cotadas que mais impulsionam o PSI-20. A retalhista liderada por Pedro Soares dos Santos valoriza 0,46% para 16,335 euros, o valor mais elevado desde Julho de 2013.

Já a Galp Energia ganha 0,8% para 12,61 euros, numa altura em que o petróleo sobe praticamente 1,5% nos mercados internacionais. Esta quarta-feira, o Haitong faz a antecipação dos resultados da Galp Energia, destacando a previsão de um aumento "impressionante" de 50% do EBITDA da unidade de produção e exploração de petróleo (E&P).

 

Contudo, o banco de investimento assinala que as acções apresentam um potencial de valorização limitado, uma vez que apesar da correcção registada com a colocação da posição de 5% da Amorim Energia, as acções ainda apresentam um desempenho 46% acima do sector (Stoxx Oil & Gas) desde o início de 2015.   

 

Ainda na energia, a EDP valoriza 0,77% para 3,013 euros e a EDP Renováveis ganha 0,01% para 7,084 euros.

 

A contribuir para a subida do PSI-20 está ainda a Altri, que soma 1,99% para 3,236 euros.

 

A Corticeira Amorim sobe 0,1% para 9,67 euros, depois de ter chegado a ganhar um máximo de 2,67% para 9,899 euros, um novo máximo histórico.

 

Na banca, não há uma tendência definida. O BCP negoceia inalterado em 1,71 cêntimos, o BPI ganha 0,18% para 1,13 euros e o Montepio cai 0,22% para 44,6 cêntimos, depois de já ter tocado num novo mínimo histórico, nos 44,3 cêntimos.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
IMPRESA - SIC Há 3 semanas

DIA 25-10-2016 a IMPRESA apresenta resultados do 3º trimestre, no ultimo semestre os lucros subiram 82% e a cotada disparou de valor, a IMPRESA já cotou a 2€, vejam:
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/media/detalhe/lucros_da_impresa_crescem_824_ate_junho.html

RFPB Há 3 semanas

A tendência é uma grande amiga.

Anónimo Há 3 semanas

Mas os saldos já acabaram.

ALTRI - GRANDES DIVIDENDOS 2* Há 3 semanas


Alguém quer receber dividendos (grandes) ainda este ano da ALTRI?

Alguém quer receber dividendos (grandes) outra vez em Maio da ALTRI?

ver mais comentários
pub