Bolsa Galp e Nos levam bolsa nacional para máximo de Setembro

Galp e Nos levam bolsa nacional para máximo de Setembro

A bolsa lisboeta negociou em alta pela segunda sessão tendo mesmo atingido o valor mais elevado desde 9 de Setembro, beneficiando dos ganhos conseguidos pela Galp, Nos e EDP.
David Santiago 19 de Outubro de 2016 às 16:50

O PSI-20 encerrou a sessão desta quarta-feira, 19 de Outubro, a somar 0,94% para 4.722,42 pontos, com 14 cotadas em alta e as restantes quatro em queda, naquele que foi o segundo dia consecutivo a valorizar e em que transaccionou em máximos de 9 de Setembro último.

 

A praça lisboeta acompanhou a tendência de ganhos que se verificou na generalidade das principais praças europeias, numa altura em os resultados positivos apresentados pelas cotadas de Velho Continente estão a gerar optimismo. Os investidores europeus estão também na expectativa pela reunião mensal do Banco Central Europeu (BCE) que se realiza esta quinta-feira.

 

No plano nacional, foi a Galp Energia que mais impulsionou ao avançar 2,20% para 12,785 euros, o valor mais alto desde 12 de Setembro. A Galp acompanhou a tendência de subida do preço do petróleo nos mercados internacionais, numa altura em que o Brent do Mar do Norte, transaccionado em Londres e utilizado como valor de referência para as importações nacionais, segue a subir 2,36% para 52,90 dólares por barril.

 

A justificar este comportamento da matéria-prima está a garantia dada pela Arábia Saudita de que há mais países, externos à OPEP, disponíveis para se juntarem ao acordo alcançado pelo cartel e que pressupõe a redução da produção petrolífera. Ainda assim, o comportamento em bolsa da Galp Energia verificou-se num dia em que o Haitong considerou que o potencial das acções da petrolífera é limitado.

Continuando no sector energético, a EDP ganhou 0,84% para 3,015 euros e a EDP Renováveis cresceu 0,52% para 7,12 euros, isto depois de ontem a empresa liderada por Manso Neto ter comunicado à CMVM que registou um aumento de 20% na produção nos primeiros nove meses deste ano face ao período homólogo. 

Destaque pela positiva também para a Nos que apreciou 1,33% para 5,871 euros.

Nota positiva ainda para a Jerónimo Martins que valorizou 0,55% para 16,35 euros, numa sessão em que esteve em máximos de Julho de 2013 ao negociar nos 16,395 euros, num dia em que o Governo da Polónia decidiu, após pressão europeia, suspender a aplicação do imposto sobre as grandes retalhistas que operam no país até ao final de 2017, uma medida que beneficia a filial polaca da retalhista portuguesa (Biedronka).

Seguindo no retalho, também a Soane teve um dia risonho ao subir 2,75% para 0,711 euros. 


Já no sector financeiro o sentimento repartiu-se. O BPI cresceu ténues 0,09% para 1,129 euros enquanto o BCP perdeu 0,58% para 0,017 euros, isto no dia em que o Negócios escreve que o Banco Central Europeu (BCE) retirou o último obstáculo à entrada da Fosun na instituição liderada por Nuno Amado.

Também num dia em que o Negócios refere que a Corticeira Amorim rendeu 1000% em bolsa ao longo dos últimos cinco anos, a corticeira resvalou 1,67% para 9,499 euros numa sessão em que ao atingir os 9,899 euros por acção a empresa estabeleceu um novo máximo histórico. 

Por fim nota negativa também para a Caixa Económica Montepio que deslizou 0,22% para 0,446 euros, dia em que a instituição financeira marcou um novo mínimo de sempre ao negociar nos 0,443 euros.  

(Notícia actualizada às 16:57)

 




A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

Zé da burra
também és burro não es?
ou só a tua companheira é que é burra?

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Zé da burra
também és burro não es?
ou só a tua companheira é que é burra?

Anónimo Há 2 semanas

As papeleiras irão valorizar. Gostava que alguém fizesse uma análise séria sobre a Inapa. Eu arrisquei a uma semana. Estou confiante mas desiludido com falta de liquidez

Artur Há 2 semanas

NEM FALARAM DA ALTRI QUE FOI A QUE MAIS SUBIU, ENFIM!!!

ALTRI - BULL Há 2 semanas



Alguém quer receber dividendos (grandes) ainda este ano da ALTRI?

Alguém quer receber dividendos (grandes) outra vez em Maio da ALTRI?


ver mais comentários
pub
pub
pub
pub