Bolsa Ganhos do BCP e Galp mantêm PSI-20 no verde

Ganhos do BCP e Galp mantêm PSI-20 no verde

A sessão foi marcada por oscilações entre ganhos e perdas ligeiras. No final foi o verde que imperou, com o BCP, a Galp e a Sonae a sustentarem o principal índice.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 11 de julho de 2017 às 16:42

O PSI-20 conseguiu fechar a sessão a subir 0,08% para 5.175,07 pontos, com seis cotadas em alta, 11 em queda e duas inalteradas. Entre as restantes praças europeias a sessão também foi marcada por oscilações entre ganhos e perdas ligeiras, numa altura em que os investidores estão já de olhos postos nos resultados do segundo trimestre. Cotadas como a Pepsi, JPMorgan e Citigroup vão publicar esta semana as contas trimestrais.


Em Portugal, as cotadas começam a revelar os seus números do primeiro semestre a partir da próxima semana, com a Nos a dar o pontapé de partida a 20 de Julho. 

A determinar a subida da bolsa esteve o BCP, que subiu 1,13% para 0,2419 euros, depois de ontem Nuno Amado ter confirmado que o banco português está na corrida à compra dos activos do Deutsche Bank na Polónia.   

 

Ainda na banca, as unidades de participação do Montepio subiram 0,20% para 0,992 euros, numa altura em que foi lançada uma oferta pública de aquisição (OPA) a 1,00 euro.

 

Em alta fecharam também as acções da Galp Energia, com uma subida de 0,38% para 13,14 euros, num dia em que os preços do petróleo voltaram a subir e a negociar acima dos 47 dólares por barril, em Londres. Ainda esta terça-feira, 11 de Julho, o Goldman Sachs emitiu uma nota de análise onde considera que se a OPEP não agir o petróleo pode recuar para os 40 dólares.

 

Entre as restantes cotadas do sector, a EDP fechou estável face à última sessão, nos 2,857 euros, a EDP Renováveis caiu 0,03% para 6,848 euros, mantendo-se acima da contrapartida de 6,75 euros oferecida pela EDP na OPA, e a REN cedeu 0,33% para 2,697 euros.

 

A contribuir para a subida do índice esteve também a Sonae SGPS, ao subir 0,95% para 0,953 euros, no dia em que foi alvo de uma nota de análise por parte do Haitong, em que o banco de investimento elevou o potencial de valorização da Sonae para 24%.


(Notícia actualizada às 16:54 com mais informação)




Saber mais e Alertas
pub