Bolsa Goldman Sachs passa a ter participação qualificada nos CTT

Goldman Sachs passa a ter participação qualificada nos CTT

O Goldman Sachs passou a deter uma participação qualificada na empresa liderada por Francisco Lacerda.
Goldman Sachs passa a ter participação qualificada nos CTT
Negócios 29 de dezembro de 2017 às 17:08

O Goldman Sachs passou a deter uma participação qualificada nos CTT. De acordo com a informação remetida pela empresa nacional à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários, o banco de investimento norte-americano superou a fasquia dos 2% a 21 de Dezembro.

Em termos bolsistas, o ano de 2017 não foi fácil para a empresa de correios. Foi a que registou a queda mais acentuada no acumulado do ano.

Depois de um primeiro alerta, no Verão de 2016, quando a gestão adiantou que não conseguiria atingir as suas metas para o ano, a divulgação de resultados do primeiro semestre trouxe a confirmação das dificuldades da companhia. Perante um ambiente dominado pela quebra de receitas dos correios, maior concorrência da banca na venda de produtos do Estado, nomeadamente as OTRV, e o negócio bancário, a companhia apresentou na semana passada um plano de redução de custos.


Esta semana, os Correios apresentaram um conjunto de compromissos à Autoridade da Concorrência, no âmbito do processo de contra-ordenação aberto pelo regulador por indícios de infracção às regras de concorrência.




A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

CTT vai subir 100% no curto prazo

Anónimo Há 2 semanas

Goldman Sachs, o esclarecido investidor que pôs + de 800 milhões no BES mesmo antes do estoiro....

maria Há 2 semanas

Ao que chegámos...EDP, criada com o dinheiro dos Portugueses, vendida ao Estado chinês, resultando numa das electricidades mais caras da Europa, com terríveis prejuízos para a economia nacional, empresas e famílias e agora CTT, que já funcionam mal desde a privatização, ligados à Goldman Sachs...

Anónimo Há 2 semanas

A Goldman Sachs influencia o investimento de muitos neste mundo é provável que novos investidores comecem a ter posições nos CTT. A margem de subida é grande é disso que os fundos gostam.

ver mais comentários