Research Haitong: Sonae tem espaço para continuar em alta na bolsa

Haitong: Sonae tem espaço para continuar em alta na bolsa

Banco de investimento destaca as notícias positivas reveladas pela Sonae na última semana, reiterando a perspectiva positiva para os títulos.
Haitong: Sonae tem espaço para continuar em alta na bolsa
Paulo Duarte
Nuno Carregueiro 17 de março de 2017 às 08:32

As acções da Sonae SGPS reagiram em alta de mais de 2% aos resultados de 2016 que foram anunciados antes do arranque da sessão de quinta-feira, 16 de Março. Mas o Haitong considera que a cotada liderada por Paulo Azevedo tem espaço para mais valorizações em bolsa, de modo a reflectirem as notícias recentes.

 

"Pensamos que [as acções] têm mais espaço para valorizar e assinalamos que em menos de uma semana tivemos o memorando de entendimento com a JD Sports, uma evolução muito forte do valor líquido dos activos (NAV) da Sonae Sierra e uma prestação acima do esperado da Sonae SR no quarto trimestre", refere o analista Filipe Rosa, numa nota enviada a clientes a comentar a "conference call" da Sonae com analistas.

 

Já ontem a Haitong tinha reiterado a recomendação para a Sonae SGPS ("bala de prata" com preço-alvo de 1,08 euros) na sequência dos resultados de 2016, tendo as acções fechado a sessão a valorizar mais de 2%. Hoje abriram a sessão a ganhar 0,35% para 0,863 euros.

 

O banco de investimento considera que 2017 pode ser um ano "importante" para a Sonae SGPS, uma vez que deverá conseguir uma "prestação muito melhor no negócio de retalho alimentar em termos de evolução do EBITDA" e o "desempenho da Sonae SR deverá continuar a melhorar".

 

O Haitong destaca o potencial de valorização das acções tendo em conta o preço-alvo de 1,08 euros e considera que estas "também parecem baratas tendo em conta os múltiplos estimados para este ano", já que o PER (rácio entre cotação e lucros por acção) situa-se em 10,7 vezes, o EV/EBITDA em 4,8 vezes e o "dividend yield" (rendibilidade do dividendo) nos 4,9%.

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 




A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Eu gosto muito quanto esta gente se refere as balas de prata.
Mas o mais engraçado é que ninguém fala quando as balas saem pela culatra, se percebessem alguma coisa do tema estavam ricos, como não estão, dão palpites.

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Então mantenho SONAE!

w Há 1 semana

Comprar SONAES......

Anónimo Há 1 semana

Só vendo SONAE se me disserem o que devo comprar.

SABONETE H2SO4 Há 1 semana

Comprem SONAES é o que vai dar e já está a dar!

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub