Bolsa Hoje há bruxas nos mercados. E andam em grupos de quatro

Hoje há bruxas nos mercados. E andam em grupos de quatro

Este é um dia historicamente mais volátil nas bolsas dos EUA e da Europa, especialmente na última hora de negociação.
Hoje há bruxas nos mercados. E andam em grupos de quatro
Bloomberg
Carla Pedro 15 de dezembro de 2017 às 01:50

Hoje é dia de bruxaria quádrupla ("quadruple witching") nos mercados de ambos os lados do Atlântico. E quádrupla porque se dá o vencimento simultâneo de quatro contratos: futuros e opções sobre índices e sobre acções, tanto nos EUA como na Europa.

O nome do dia faz assim referência a estes quatro vencimentos e às bruxas. Mas porquê as bruxas?

 

Os mercados têm o termo ‘witching hour’ (a hora da bruxa) que é a última hora de negociação da sessão bolsista. Uma vez que o vencimento destes quatro tipos de contratos exerce grande influência no desempenho do mercado, o termo é tido como adequado para a situação, já que essa "hora da bruxa" será um curto período em que quem pratica feitiçaria fica especialmente mais activo e poderoso. 

 

Assim sendo, este é um dia historicamente mais volátil, especialmente na última hora de negociação, com um elevado volume de transacções. Isto porque os investidores que precisam de fechar posições podem movimentar o mercado a qualquer preço, levando as cotações a oscilarem erraticamente.

 

O ‘quadruple witching’ ocorre quatro vezes por ano, nas terceiras sextas-feiras dos meses de Março, Junho, Setembro e Dezembro.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 15.12.2017

Falar de bruxas no jornal de negócios. O mundo está perdido!!!

Saber mais e Alertas
pub