Obrigações IGCP avança com primeiro leilão de dívida de longo prazo de 2018

IGCP avança com primeiro leilão de dívida de longo prazo de 2018

O Tesouro vai reforçar a linha que lançou em Janeiro com títulos a 10 anos.
IGCP avança com primeiro leilão de dívida de longo prazo de 2018
Bruno Simão
Nuno Carregueiro 09 de fevereiro de 2018 às 13:21

O IGCP agendou para a próxima quarta-feira, 14 de Fevereiro, um duplo leilão de dívida de longo prazo, que será o primeiro de 2018.

 

O instituto liderado por Cristina Casalinho refere numa nota enviada à imprensa que "vai realizar no próximo dia 14 de Fevereiro pelas 10:30 horas dois leilões das OT com maturidade em 17 de Outubro de 2022 e 17 de Outubro de 2028, com um montante indicativo global entre 1.000 milhões e 1.250 milhões de euros".

 

Este duplo leilão de dívida com maturidade de cinco e dez anos será o primeiro de 2018, depois de em Janeiro o IGCP ter realizado uma emissão sindicada de dívida onde colocou 4 mil milhões de euros em títulos com maturidade em Outubro de 2018.

 

O leilão agendado para quarta-feira será precisamente a reabertura desta linha, que o IGCP lançou em Janeiro com o custo de financiamento mais baixo de sempre para emitir dívida a 10 anos. A "yield" dos títulos foi de 2,13%.  

Alem desta emissão sindicada, a 17 de Janeiro o IGCP colocou 1.750 milhões de euros em títulos de dívida de curto prazo.

 

Desde a emissão realizada em Janeiro as condições do mercado sofreram alterações, com os investidores a mostrarem um menor apetite por dívida soberana devido à expectativa de alta da inflação e consequente maior agressividade na política monetária do BCE.

Segundo o programa de financiamento, o Tesouro poderá emitir até 20 mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro, pelo que 20% deste valor já está assegurado.