Obrigações IGCP emite dívida de longo prazo antes de apresentação do Orçamento do Estado

IGCP emite dívida de longo prazo antes de apresentação do Orçamento do Estado

O instituto que gere a dívida do Estado pretende angariar entre 1.000 e 1.250 milhões de euros, naquela que será a primeira emissão de títulos de longo prazo desde a subida do rating por parte da S&P.
IGCP emite dívida de longo prazo antes de apresentação do Orçamento do Estado
Pedro Elias
Nuno Carregueiro 06 de outubro de 2017 às 13:22

O IGCP, a agência que gere o crédito público, anunciou esta sexta-feira, 6 de Outubro, que vai realizar um duplo leilão de obrigações do Tesouro.

 

A emissão vai decorrer a 11 de Outubro, dois dias antes da data prevista para a apresentação do Orçamento do Estado de 2018. Será a primeira emissão de dívida de longo prazo desde que a S&P elevou o "rating" de Portugal para grau de investimento.

 

O instituto liderado por Cristina Casalinho pretende lançar títulos de dívida com maturidade em 17 de Outubro de 2022 (cinco anos) e 14 de Abril de 2027 (10 anos), tendo como objectivo angariar entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

 

No último leilão de dívida a 10 anos, realizado a 13 de Setembro (dois dias antes da subida da S&P), o IGCP emitiu 850 milhões de euros em Obrigações do Tesouro com maturidade em Abril de 2027 (linha que agora será de novo reaberta), tendo pago um juro de 2,785%, que foi o mais baixo desde 2015.

 

Se angariar o máximo previsto (1.250 milhões de euros), faltará ao IGCP colocar menos de 2 mil milhões de euros para atingir a meta prevista para o total do ano com financiamento através de Obrigações, que é de 15.000 milhões de euros.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

Relação divida/PIB:A vida de um devedor: Estava bem na vida, excelente ordenado, comprei a crédito uma casa de 1.ª habitação, uma casa de férias, um super carro e uma super moto. A empresa onde trabalhava faliu e tive de procurar novo emprego, onde estou a ganhar metade do que ganhava anteriormente. Os bens não dão para pagar as dívidas, estando os credores disponíveis para a sua renegociação a custos mais elevados e com prazos que vão atingir os meus filhos e netos. Isto é o que a politica de Cigarra nos está a fazer e, por isso quando mundialmente as coisas voltarem a cair o Diabo vão aparecer.

comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

VEJAMOS O RESULTADO DESTE TESTE

JMBorralho Há 2 semanas

Alguém que está de saída insiste em ir ao mercado a prazos de dez anos, mesmo depois de o partido maioritário do governo lhe ter dito, recentemente na assembleia da república, que o máximo deveriam ser cinco anos. Não decida, SAIA!

Geringonça a trabalhar p/o Diabo Há 2 semanas

O Diabo fez 2 aparições, a 1@ puxando ACosta p/fora do caixão e fazendo dele PM e a 2@ c/Marcelo a reentrar na corrida e ser PR.Depois o Diabo foi-se embora e deixou a geringonça a trabalhar p/ele

Anónimo Há 2 semanas

Relação divida/PIB:A vida de um devedor: Estava bem na vida, excelente ordenado, comprei a crédito uma casa de 1.ª habitação, uma casa de férias, um super carro e uma super moto. A empresa onde trabalhava faliu e tive de procurar novo emprego, onde estou a ganhar metade do que ganhava anteriormente. Os bens não dão para pagar as dívidas, estando os credores disponíveis para a sua renegociação a custos mais elevados e com prazos que vão atingir os meus filhos e netos. Isto é o que a politica de Cigarra nos está a fazer e, por isso quando mundialmente as coisas voltarem a cair o Diabo vão aparecer.

ver mais comentários
pub