Obrigações IGCP emite dívida de longo prazo antes de apresentação do Orçamento do Estado

IGCP emite dívida de longo prazo antes de apresentação do Orçamento do Estado

O instituto que gere a dívida do Estado pretende angariar entre 1.000 e 1.250 milhões de euros, naquela que será a primeira emissão de títulos de longo prazo desde a subida do rating por parte da S&P.
IGCP emite dívida de longo prazo antes de apresentação do Orçamento do Estado
Pedro Elias
Nuno Carregueiro 06 de outubro de 2017 às 13:22

O IGCP, a agência que gere o crédito público, anunciou esta sexta-feira, 6 de Outubro, que vai realizar um duplo leilão de obrigações do Tesouro.

 

A emissão vai decorrer a 11 de Outubro, dois dias antes da data prevista para a apresentação do Orçamento do Estado de 2018. Será a primeira emissão de dívida de longo prazo desde que a S&P elevou o "rating" de Portugal para grau de investimento.

 

O instituto liderado por Cristina Casalinho pretende lançar títulos de dívida com maturidade em 17 de Outubro de 2022 (cinco anos) e 14 de Abril de 2027 (10 anos), tendo como objectivo angariar entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

 

No último leilão de dívida a 10 anos, realizado a 13 de Setembro (dois dias antes da subida da S&P), o IGCP emitiu 850 milhões de euros em Obrigações do Tesouro com maturidade em Abril de 2027 (linha que agora será de novo reaberta), tendo pago um juro de 2,785%, que foi o mais baixo desde 2015.

 

Se angariar o máximo previsto (1.250 milhões de euros), faltará ao IGCP colocar menos de 2 mil milhões de euros para atingir a meta prevista para o total do ano com financiamento através de Obrigações, que é de 15.000 milhões de euros.




pub