Obrigações IGCP troca mais de mil milhões de dívida

IGCP troca mais de mil milhões de dívida

O Tesouro esteve esta quarta-feira no mercado a realizar uma oferta de troca de dívida, alargando as maturidades. O IGCP comprou e vendeu mais de mil milhões de euros nesta operação.
IGCP troca mais de mil milhões de dívida
Pedro Elias/Negócios
Sara Antunes 06 de dezembro de 2017 às 11:03
A agência que gere a dívida nacional realizou esta quarta-feira, 6 de Dezembro, uma operação de troca de dívida, tal como o anunciado ontem pelo IGCP.

O Tesouro comprou assim 716 milhões de euros de obrigações que venciam em Junho de 2019, mais 323 milhões de euros de dívida com maturidade em 2020. 

Em troca o IGCP ofereceu 715 milhões de euros de obrigações com maturidade em Outubro de 2022, mais 323 milhões de euros que vencem em Abril de 2027.

No total, o IGCP trocou 1.039 milhões de euros de dívida com uma maturidade mais próxima por outra mais longa.

"Do ponto de vista da República Portuguesa o objectivo desta operação foi o de alongar o prazo de reembolso", refere Filipe Silva, Director da Gestão de Activos do Banco Carregosa, explicando que "o esforço de amortização que estava previsto para 2019 e 2020 é adiado para 2022 e 2027".

 

Filipe Silva adianta que "o juro da dívida emitida hoje não deve ser comparado com o juro da dívida que sai do mercado, uma vez que os prazos são diferentes", sendo que o que "interessa aqui é que o Estado consegue estender o prazo da dívida, num momento em que as taxas de juro estão historicamente baixas".


(Notícia actualizada às 11:10 com mais informação)

(Correcção: onde se lia "obrigações que venciam em Junho de 2016" deve ler-se "obrigações que venciam em Junho de 2019")



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT87641
30 segundos da vossa atenção bastam para ajudar na regularização dos salários dos mais de 100.000 (!) portugueses a trabalhar em Angola.

comentários mais recentes
Mr.Tuga Há 1 semana

CREDO !?!?!

E precisamos pagar PRINCIPESCAMENTE a uma economista para substituir ("reestruturar") divida !?!?!?!

Até uma dona de casa sem a 4ª classe....

Anónimo Há 1 semana

OK, empurrem com a barriga para a frente.Mas não se esqueçam de aconselhar filhos e netos a ficarem por cá a trabalhar toda a vida para pagarem, com língua de palmo, as dívidas que andaram a fazer.

Anónimo Há 1 semana

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT87641
30 segundos da vossa atenção bastam para ajudar na regularização dos salários dos mais de 100.000 (!) portugueses a trabalhar em Angola.

JMBorralho Há 1 semana

A comparação deve ser feita entre os juros pagos a cinco anos e ao dobro do prazo! É que os juros pagos anualmente "comem" uma boa parte do rendimento da economia e impedem maior redução da dívida, a tal que condiciona o rating!

ver mais comentários
pub