Mercados Jovens perdem isenção de comissões na CGD
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Jovens perdem isenção de comissões na CGD

Até agora, os clientes do banco público entre os 26 e os 29 anos estavam isentos da cobrança de comissão de manutenção de conta. Mas vão perder esse benefício a partir de 1 de Maio.
Jovens perdem isenção de comissões na CGD
Raquel Godinho 11 de janeiro de 2018 às 22:50

Ano novo, preçário novo. Na segunda semana do ano, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) avançou com uma alteração extensa das despesas que são aplicadas aos seus clientes. Uma das mais significativas é)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 11.01.2018

Os jovens... 26/29 anos!

comentários mais recentes
Desanimado 03.02.2018

https://www.dn.pt/dinheiro/interior/comissoes-bancarias-tiram-cinco-milhoes-de-euros-por-dia-das-contas-dos-clientes-9091704.html

Não basta barafustar é preciso AGIR!!
https://www.deco.proteste.pt/campanhas/comissoesfora/

ggov 02.02.2018

Só há uma maneira da CGD arrepiar caminho. Ver os bons clientes a fugirem da Instituição para outros bancos que ainda não obrigam a estas autenticas aberrações que são a cobrança de comissões. Com estas medidas correm o risco de ficarem apenas com os pensionistas e reformados de baixos endimentos e que não têm alternativa. Eu já saltei fora levando comigo os PPR, seguros, algumas aplicações financeiras e uma considerável fonte de rendimento para a CGD com pagamentos, débitos directos e cartão de credito. Ao longo do ano, a CGD ganhava com a minha pessoa alguns milhares de euros de lucro mas quiseram ser lorpas e perderam o cliente. Depois de ver como funcionam os bancos ditos privados, cheguei à conclusão que andei enganado durante muitos anos. Com a mudança ganhei no atendimento, em profissionalismo, maior proximidade do banco com o cliente e isenção de comissões de manutenção da conta e cartões. CGD nunca mais.

Anónimo 01.02.2018

Só paga quem quer! mudem de banco e está o assunto resolvido. eu mudei à 20 e tal anos e não tenho saudades nenhumas.

Mr.Tuga 01.02.2018

Conversa de TRETA para encher chouriços de povo iletrado e estupidificado com chutadores e comentadeiros de boila....

Sendo a CGD "publica", se os "jovens" não pagarem, adivinhem quem tem de pagar por eles ?????????

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub