Trading Juros da dívida chinesa com ciclo de quedas mais longo desde 2013

Juros da dívida chinesa com ciclo de quedas mais longo desde 2013

Os mercados mundiais estão numa maré de optimismo e confiança, mas a China representa actualmente o seu maior receio.
Juros da dívida chinesa com ciclo de quedas mais longo desde 2013
Bloomberg
Mariana Adam 12 de maio de 2017 às 14:09

Os juros da dívida chinesa caíram pela sétima semana consecutiva, registando a mais longa série de quedas desde 2013. Os mercados mundiais estão numa maré de optimismo e confiança, mas a China representa actualmente o maior receio.

A yield das obrigações da dívida chinesa soberana a 10 anos subiu oito pontos base ao longo da semana e fechou, esta sexta-feira dia 12 de Maio, nos 3,65%, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

 

Esta penalização está relacionada com os receios de que as medidas de desalavancagem que o Governo chinês anunciou recentemente podem fazer disparar os custos dos empréstimos. O Executivo está a tentar conter os riscos do sistema financeiro, nomeadamente para limitar o crédito paralelo, um anúncio que fez aumentar as preocupações de falta de liquidez no mercado.

"As restrições ao crédito estão a transformar 2017 num ano difícil para os investidores de activos financeiros chineses", defendeu à Bloomberg, Tim Condon, da ING Groep NV.

Mas esta não é a única razão que leva os investidores a olhar com cautela para a China. No início desta semana, foi revelado que os preços ao produtor na indústria chinesa arrefeceram em Abril pelo segundo mês consecutivo, um comportamento que pode sinalizar um abrandamento da actividade na segunda maior economia do mundo.

"Estou mais preocupado com os riscos decorrentes de uma desaceleração na China", disse Jeff Kleintop, da Charles Schwab à CNBC.

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.