Bolsa Juventus em máximos de 2006 após passar às meias-finais da Liga dos Campeões

Juventus em máximos de 2006 após passar às meias-finais da Liga dos Campeões

A Juventus derrotou o Barcelona nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, garantindo mais 7,5 milhões de euros de receitas pela sua manutenção nesta prova.
Juventus em máximos de 2006 após passar às meias-finais da Liga dos Campeões
Reuters
Sara Antunes 20 de abril de 2017 às 09:44

As acções da Juventus estão a subir 1,64% para 0,745 euros, tendo já esta manhã chegado a disparar mais de 9% para 0,7995 euros, o que corresponde ao valor mais elevado desde 8 de Agosto de 2006.

 

As acções do clube italiano acentuaram os ganhos desde que venceram a primeira-mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, frente ao Barcelona. Esta vitória ocorreu a 11 de Abril, tendo a segunda-mão decorrido esta quarta-feira, 19 de Abril, com a Juventus a garantir a passagem à meia-final desta competição, deixando para trás o Barcelona. Desde o dia 11 que as acções acumulam um ganho de 49%, elevando para quase 150% a subida desde o início do ano.

A presença na Liga dos Campeões já rendeu à Juventus quase 40 milhões de euros: 12,7 milhões pelo apuramento para a competição; sete milhões pelas quatro vitórias e dois empates na fase de grupos; seis milhões pela passagem para os oitavos-de-final; 6,5 milhões por se apurar para os quartos-de-final; e 7,5 milhões pela passagem para as meias-finais.

 

Na época 2014-2015, a Juventus perdeu na final da Liga dos Campeões precisamente contra o Barcelona, vendo mais uma vez afastado o sonho de reconquistar a mais importante prova mundial de clubes, um título que foge aos "bianconeri" desde a época 1995-1996, equipa em que actuava o médio-centro português Paulo Sousa.

 

Dominadora indiscutível do futebol italiano, estando este ano uma vez mais a caminho da revalidação do título - que a confirmar-se será o sexto seguido para a equipa de Turim - a Juventus construiu esta época uma equipa formatada para vencer a prova rainha de clubes.

 

Em prova estão, além da Juventus, o Real Madrid, o Atlético de Madrid e o Mónaco. O sorteio para as meias-finais será realizado na próxima sexta-feira, às 11:00, e os jogos vão realizar-se nos dias 2 e 3 de Maio (a primeira-mão) e a 9 e 10 de Maio (segunda-mão). A final desta prova está agendada para o dia 3 de Junho, com o Estádio Nacional do País de Gales, a ser o anfitrião da prova. 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 20.04.2017

Vi a juventus há dois anos ser eliminada pelo bayern da liga dos campeões de uma forma prejudicada pela intervenção do árbitro. Pelo que têm feito pelo futebol merecem as maiores felicidades. Os clubes portugueses ponham os olhos neste modelo, sejam mais profissionais e deixem de controlar as comissões disciplinares e as arbitragens. E os árbitros não se armem em donzelas puras que já não enganam ninguém. E os médias sejam independentes caso contrário um dia um comentador é liquidado

Francisco António 20.04.2017

E depois venham dizer que as camisolas dos futebolistas estão caras ( 100 ou mais de 100 € cada !!!)

e depois o CR7 20.04.2017

e depois dizem mal do CR7 que, com o marcelo levou o RM ás costas - Comparem com o benzema ou com o irlandez e veem logo a diferença : o CR7 é aquele todo o terreno que nunca avaria . . .

pub