Matérias-Primas Maior diamante do século vendido por 53 milhões

Maior diamante do século vendido por 53 milhões

O Lesedi La Rona, extraído pela Lucara Diamond no Botswana, tem 1.109 carats e é pouco menor que uma bola de ténis.
Maior diamante do século vendido por 53 milhões
Bloomberg 26 de setembro de 2017 às 10:35

Depois de uma tentativa falhada em 2016, a mineira canadiana Lucara Diamond conseguiu finalmente vender aquele que é o maior diamante dos últimos 100 anos.

 

O Lesedi La Rona, que na língua do país onde foi descoberto (Botswana) quer dizer "a nossa luz", com 1.109 carats, foi vendido à Graff Diamonds por 53 milhões de dólares. No ano passado foi a leilão na Sotheby’s por 86 milhões de dólares mas ficou por vender.

 

Com uma dimensão um pouco inferior a uma bola de ténis, este é o maior diamante desde que o Cullinan, com 3.106 carats, foi extraído na África do Sul em 1905. Este último acabou por ser dividido para ser incluído nas várias peças da joalharia real britânica.

 

Apesar de o Lesedi La Rona ser o maior diamante descoberto desde então, não é o mais valioso. Em Maio de 2016 a Lucara Diamond vendeu um diamante mais pequeno (813 carats) por uma soma recorde de 63 milhões de dólares. A Nemesis International, uma firma do Dubai, pagou 77.500 por carat, bem acima dos 47.777 dólares por carat do Lesedi La Rona.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Johnny Há 3 semanas

Continuo sem perceber qual é o fascínio por estes bocados de vidro....

pub