Mais de 11 mil investidores compraram obrigações da Brisa (act)
04 Julho 2012, 16:57 por Rita Faria | afaria@negocios.pt, Nuno Carregueiro | nc@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
Concessionária de auto-estradas encaixou 225 milhões de euros com emissão de obrigações, com a procura a superar a oferta em 15%.
A Brisa – Concessão Rodoviária encaixou 225 milhões de euros com a emissão de obrigações junto de particulares em Portugal.

Segundo os resultados da Oferta Pública de Subscrição de Obrigações “Brisa Concessão 2012-2014”, apurados hoje em sessão especial de bolsa, foram 11.417 os investidores que subscreveram as obrigações da concessionária de auto-estradas, sendo que a procura atingiu 114,74% da oferta.

Foram vendidas 225 mil obrigações, com um valor unitário de 1000 euros. O período de oferta das obrigações decorreu de 18 de Junho a 3 de Julho, sendo que a liquidação física e financeira acontece a 6 de Julho.

O montante inicial que a Brisa previa emitir era de 150 milhões de euros, mas a companhia decidiu, a 27 de Junho elevar o valor para 225 milhões de euros, citando a elevada procura.

As obrigações pagam uma taxa de 6,25% e tem maturidade em 2014. Ao contrário da maioria das operações do género, esta emissão é de dois anos e cinco meses, e não de três anos.

A Brisa é mais uma das empresas portuguesas – depois de EDP, Semapa e Zon Multimédia – a optar pela colocação de dívida a particulares, numa tentativa de obter financiamento e de diversificação, também, das fontes de financiamento.Esta semana arrancou a emissão de dívida de 100 milhões da Sonae e também a de 250 milhões da Portugal Telecom. A primeira paga 7% e a segunda 6,25%.

(notícia actualizada às 17h05 com mais informação)
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: