Bolsa Mandato de Bruno de Carvalho rende valorização de 49% às acções do Sporting

Mandato de Bruno de Carvalho rende valorização de 49% às acções do Sporting

Bruno de Carvalho completa três anos de mandato à frente do Sporting. Em termos financeiros, o período fica marcado pela reestruturação da dívida. Acções disparam cerca de 49%.
Mandato de Bruno de Carvalho rende valorização de 49% às acções do Sporting
Miguel Baltazar
Negócios com Lusa 23 de março de 2016 às 10:51

Ainda que em termos desportivos, Bruno de Carvalho continue sem conseguir dar um campeonato ao Sporting, em termos financeiros, o presidente leonino tem conseguido por a casa em ordem. Os títulos do clube de Alvalade disparam cerca de 49% nestes três anos de mandato de Bruno de Carvalho.


Bruno de Carvalho completa três anos de mandato, num período que ficou marcado pela reestruturação da dívida do clube, melhorando significativamente os custos de financiamento do Sporting. E a reacção das acções da SAD leonina têm reagido positivamente. As acções do Sporting registam um forte desempenho neste período: disparam 48,9%.


A reestruturação financeira permitiu ao Sporting tornar-se um clube mais estável financeiramente, com Bruno de Carvalho a negociar com a banca condições mais favoráveis para o Sporting e a realizar uma reorganização interna profunda, que permitiu uma diminuição de custos muito significativa.


Ainda no mesmo plano, o Sporting passou a alcançar resultados financeiros positivos nos seus balanços semestrais e anuais e reduziu o orçamento do futebol para cerca de metade dos que tinha nos mandatos de José Eduardo Bettencourt e Godinho Lopes.


Três anos, dois títulos


O plano desportivo, conquistou uma Taça de Portugal e uma Supertaça oito anos volvidos e está na luta pelo título a sete jornadas do fim do campeonato, que não conquista há 14 anos, depois de um segundo e um terceiro lugares nas épocas precedentes.


O mandato de Bruno de Carvalho é ainda marcado pela contratação no final da época passada de Jorge Jesus ao rival Benfica, depois de este ter conduzido o clube da Luz à conquista de três títulos nos últimos seis anos, 'roubando' a hegemonia ao FC Porto. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 23.03.2016

AFINAL O HOMEM NÃO É ASSIM TÃO MAU COMO OS BENFIQUISTAS O PINTAM!

comentários mais recentes
Anónimo 23.03.2016

Eu sou benfiquista e quero que ele fique lá muitos anos...

Anónimo 23.03.2016

AFINAL O HOMEM NÃO É ASSIM TÃO MAU COMO OS BENFIQUISTAS O PINTAM!

pub