Câmbios Moscovici diz que euro forte não ameaça empresas europeias

Moscovici diz que euro forte não ameaça empresas europeias

A poucos dias da reunião do BCE e depois de o euro ter passado esta semana a barreira dos 1,20 dólares, o comissário europeu acredita que a força da moeda única não afecta a competitividade das exportadoras.
Moscovici diz que euro forte não ameaça empresas europeias
Negócios com Reuters 02 de setembro de 2017 às 16:54
O comissário europeu para os Assuntos Económicos considera que a recente apreciação do euro face ao dólar não ameaça a prestação das empresas sediadas em países que usam a moeda única.

"Devemos manter-nos calmos. (…) O actual nível do euro claramente não impede as nossas empresas de ganharem quota de mercado, de serem fortes e competitivas, e exportar," afirmou Pierre Moscovici, à margem da conferência económica Ambrosetti, no Norte de Itália.

Citado pela Reuters, o comissário acrescentou que a força do euro depende também da política monetária e disse confiar na "liderança e visão" de Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu.

O euro superou esta semana os 1,20 dólares pela primeira vez desde Janeiro de 2015, com os analistas a atribuírem a força recente da moeda ao estatuto de refúgio perante os receios geopolíticos e incerteza na realização das reformas dos EUA, além da ausência de novidades por parte de Draghi sobre política monetária, na reunião da semana passada em Jackson Hole.

Esta semana o Banco Central Europeu reúne o conselho de governadores para o encontro habitual da autoridade monetária do euro, onde se espera por possíveis sinais sobre uma eventual preparação da retirada de estímulos no bloco europeu.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 03.09.2017

ESTE XUXA É BOM...

General Ciresp 03.09.2017

O euro esta a feicao de portugal,sendo ele um pais de importe,gasta menos guita(era de esperar)pelos produtos (maquinas segundo o ministro LAMBIDO) que encomenda para (a fucao publica).

Saber mais e Alertas
pub